Home »
Warning: Use of undefined constant multiple - assumed 'multiple' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/blogcamp/public_html/wp-content/themes/k180928/templates/content-single.php on line 3
Meio ambiente

Vulcões mais ativos do mundo

Conheça a lista dos vulcões mais ativos do mundo, suas características e entenda melhor e um pouco mais a fundo como eles são formados.

vulcãoCada um dos territórios e regiões variadas possui seus próprios detalhes, paisagens e até mesmo alguns fenômenos e formações diversas que podem ocorrer em um local específico de acordo com suas características, fazendo com que o mesmo se torne reconhecido e atrativo para diferentes públicos. Os vulcões, por exemplo, são fonte de estudo para muitos pesquisadores, além de atraírem, também, os curiosos que buscam constantemente por novas e interessantes informações que possam acrescentar em seu conhecimento, conhecendo as peculiaridades que estão presentes nos diferentes cantos do mundo.

A presença de uma montanha é a principal característica para a formação de um vulcão, este é formado no pico de uma montanha, com uma abertura que se origina no solo, expelindo gases, fogo e lava, de acordo com as propriedades do solo, além de combinar todos estes acontecimentos. A origem do vulcão se dá pelas placas tectônicas, estas, ao se chocarem devido ao movimento que fazem, deixam pequenas aberturas para que as camadas mais profundas do solo possam ultrapassá-la, saindo, como resultado, o magma, que está presente entre a crosta terrestre e a manta. Há alguns vulcões que são considerados os mais ativos do mundo, podendo destaca-los por suas regiões e até mesmo pelo perigo de habitação para os moradores próximos ao território.

Kilauea

vulcão KilaueaO vulcão Kilauea é um dos vulcões mais ativos, este está localizado no Hawaii, nos Estados Unidos, se tornando um dos mais reconhecidos e perigosos dos últimos tempos exatamente por sua atividade que percorre por alunos. O perigo principal do Kilauea é o volume de magma que é expelido, com erupções que podem surpreender, porém, como o mesmo se torna uma curiosidade para muitos interessados, recebe visita constantemente, ainda que os turistas se arrisquem para visualizar uma paisagem natural, possibilitando a visita pela rápida escoação da lava.

Tungurahua

vulcão TungurahuaO vulcão conhecido como Tungurahua também faz parte da lista de vulcões mais ativos do mundo, este está localizado no Equador, ele chega a ser assustador até mesmo para muitos estudiosos, pois não é o volume de magma que é significativo, porém a força com que é dada as explosões, atingindo diferentes regiões próximas e até mesmo gerando terremotos.

Rabaul

vulcão RabaulO vulcão conhecido como Rabaul, localizado em Papua Nova Guiné, também é considerado um dos mais ativos, até mesmo pela temperatura do magma que é expelido, o clima do ambiente é afetado por determinado tempo, fazendo com que a terra seja comprometida.

SakuraJima

vulcão SakuraJimaO quarto e último vulcão da lista dos mais ativos do mundo é conhecido como SakuraJima, ele está localizado no Japão, além de expelir magma, o mesmo, por sua força, também causa terremotos, proporcionando que diferentes outros vulcões da região também entrem em erupção.

Há vários tipos diferenciados de paisagens ao redor do mundo, algumas delas se tornam mais perigosas que outras de acordo com suas características e propriedades que permitem a habitação em regiões próximas, com fenômenos naturais que ocorrem em diferentes locais, assim como a origem e atividade, até os dias atuais, de diferentes vulcões, em vários países.

Vulcão em atividadeOs vulcões figuram na geografia do planeta como poderosos gigantes. Antes mesmo do vulcão entrar em erupção abrindo crateras de fogo no horizonte existem os riscos evidentes de que nuvens de fumaça tóxica e pedras vulcânicas sejam expelidas por essas formações geológicas milenares. Personagens históricos, os vulcões foram determinantes em muitos episódios da história e geografia de vários países.

História

Em 1902, por exemplo, o Monte Pelée, na ilha caribenha da Martinica, entrou em erupção expelindo uma massa incandescente de cinzas, brasas, magma, pedras e gás superaquecidos em uma temperatura de 200 a 500 graus Celsius e em alta velocidade. Naquele 8 de maio, quase 30 mil pessoas morreram na atividade vulcânica mais devastadora do século 20.
No ano 79, a riquíssimas cidades de Pompeia e Herculano também foram destruídas pelo Monte Vesuvio, na Itália, em uma época em que ainda não se tinha conhecimento sobre a atividade vulcânica na Terra. O acontecimento é um marco na história do povo italiano. Outra grande tragédia, na Indonésia, foi protagonizada pelo vulcão Krakatoa , que entrou em erupção em 1883 causando terremotos, tsunamis e matando mais de 36 mil pessoas.

Vulcões em atividade

KilaueaAtualmente, a lista dos vulcões mais ativos do mundo é constantemente alterada, pois os vulcões têm, dentre suas características, a chance de entrar em atividade inesperada, como os casos do Grimsvöt, na Indonésia, que fechou em fumaças o céu da Europa e Ásia em 2010 e também o recente Puytehue, no Chile, que em meados de 2011 causou transtornos para grande parte da América Latina. O Tungurahua, no Equador é um dos mais ativos, surpreendendo os habitantes da região com constante alertas e erupções contínuas desde 1999.
No Hawai, o Kilauea, muitas vezes chega a entrar em atividade e seu material magmático invade a paisagem e interfere no tráfego das rodovias da região. Sua soma de atividades o faz considerado como o vulcão mais perigoso do mundo. O material expelido por ele é suficiente para construir três rodovias amplas para contornar o globo terrestre.
Círculo de fogo do PacíficoNa Papua Nova Guiné, a cada alerta do vulcão Rabaul, mais de 50 mil moradores de áreas próximas têm de refugiar-se em outras áreas do país. Suas atividades já mataram mais de 500 pessoas em 1937 e em 1994 destruiu toda a cidade do porto, deixando –a coberta de cinzas. Na Ásia, o Círculo de Fogo do Pacífico ergueu muitos vulcões. O SakuraJima, no Japão, chega a espantar os moradores que vivem na província de Kagoshima.
Além do temido Vesúvio, a Itália vive às sombras da ameaça do Etna, perigoso e detentor de umas das mais belas formações, principalmente quando coberto de neve. Por sua vez, os norteamericanos também possuem o seu gigante, o Monte Santa Helena, próximo à Seatle. O Popocatepelt, no México, e o Shiveluch, na Rússia também fazem parte da lista dos vulcões mais ativos e ameaçadores da terra.

Tags: , ,
Publicado por Guilherme
Revisado em 05/12/2013

Compartilhar