Home »
Warning: Use of undefined constant multiple - assumed 'multiple' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/blogcamp/public_html/wp-content/themes/k180928/templates/content-single.php on line 3
Religião

Religião e mitologia

A religião e a mitologia são termos que envolvem uma explicação detalhada. Atente em algumas informações que explicam esses termos.

Religião e mitologia grega

Religião e Mitologia são partes integrantes e interessantes da cultura de todos os povos. De alguma forma, elas sempre estão presentes.

A mitologia envolve a explicação de fenômenos naturais através da invenção de lendas, caracterização de deuses como entidades sobrenaturais responsáveis pelos acontecimentos não compreendidos, já a religião é o culto dessas entidades nas quais tem fé, a qual proporciona ao homem uma sensação de segurança e salvação.

Religião e mitologia grega

templo na Grécia

Originada da mistura das mitologias dórica e maçônica, a mitologia grega está relacionada com histórias e lendas de deuses heróis, titãs com seus feitos épicos e corajosos para proteger o mundo e as pessoas.

Além da forma humana, os deuses tinham sentimentos e estavam sujeitos à ação dos mesmos, viviam as mesmas relações que os humanos, apaixonavam-se, tinham filhos, sentiam ódio, guerreavam. Os deuses gregos viviam no monte Olimpo, localizado na planície da Tessália, entretanto, com o tempo, começa a ser descrito como entre as nuvens, o que lhe confere um ar de mistério.

Nada podia perturbar a tranquilidade dos deuses, nem o sol nem a chuva, nem o frio ou o vento. Diversos deuses habitavam o Olimpo, entre eles: Zeus (senhor dos céus e do Olimpo); Atena (deusa da inteligência e da sabedoria); Afrodite (deusa do amor e da beleza); Dionísio (deus do vinho, prazer e aventura) e Apolo (deus do Sol, da razão e das artes).

Já a religião grega é considerada politeísta, isto é, vários deuses são cultuados, não apenas um. Além disso, pode ser considerada um fenômeno social, não um misticismo pessoal, pois ela une as cidades-estado em torno de uma mesma crença com cultos e ambientes sagrados.

Não há muitos registros sobre a mitologia grega, entretanto os importantes são: Teogonia, onde são tratadas a origem e a história dos deuses (Hesíodo); Ilíada e Odisséia, sobre os feitos de deuses e heróis (Homero).

Religião e mitologia romana

Templo romano de VênusAssim como a mitologia grega, a romana está relacionada a lendas e histórias de deuses e titãs, entretanto, diferentemente da grega os deuses não têm contato próximo com os seres humanos, mesmo sendo antropomorfizados e influenciados pelos próprios sentimentos.

Os cultos religiosos tinham por intenção garantir boas colheitas, saúde, proteção pessoal e do Estado, bom desempenho nas guerras e prosperidade, por exemplo; os rituais eram geralmente seguidos à risca para manter a boa convivência com os deuses de modo a evitar percalços.

Entre eles estão: Júpiter(deus do dia); Apolo(deus do sol e da medicina); Marte(deus da guerra); Vênus(deusa do amor e da beleza); Baco(deus da alegria).

Ao contrário dos gregos, os romanos não tiveram a intenção de especular e registrar as histórias dos deuses, estavam focados em manter a harmonia com os mesmos. Entretanto, com as muitas guerras e calamidades que afetaram o Império Romano, a religião politeísta e a crença nos deuses foi, aos poucos, substituída pelo cristianismo.

Religião e mitologia egípcia

Rá
A religião e a mitologia egípcias são extremamente importantes nas atividades diárias da população. As influências são exercidas em áreas como política, justiça,
produção de alimentos, ações sociais, entre outras, e o faraó era considerado um representante dos deuses na terra e governava em nome deles.

As figuras mitológicas egípcias eram mais diferenciadas, possuíam tanto formas humanas quanto animais e até mesmo as duas misturadas. Algumas delas são: Rá (deus do sol, o mais importante de toda a mitologia egípcia); Anúbis(deus dos mortos e do submundo); Hórus(deus do céu); Osíris(deus da vida após a morte e da vegetação); Seth(deus da tempestade, do mal e da desordem).

Seus cultos eram politeístas e o mais intrigante deles é a mumificação dos mortos, como uma maneira de conservação dos corpos para que, de acordo com a crença, a alma dos mortos tivessem condições de voltar à vida em seus próprios corpos.

Por fim, a religião e a mitologia são partes integrantes e fundamentais da cultura e da vida de todos os povos, pois nem todos os eventos cotidianos possuem uma explicação e muitas pessoas sentem a necessidade de se apoiar com uma fé dogmática em uma entidade sobrenatural protetora de sua vida.

Assista ao vídeo no Canal do Portal ZUN no YouTube e conheça alguns símbolos religiosos e seus significados.

Tags: ,
Publicado por Viviana
Revisado em 15/10/2013

Compartilhar