Home »
Warning: Use of undefined constant multiple - assumed 'multiple' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/blogcamp/public_html/wp-content/themes/k180928/templates/content-single.php on line 3
Comportamento

Porque as pessoas se arrependem

As pessoas algumas fazem loucuras das quais se arrependem, outras deixam de fazer coisas que também trazem o arrependimento.

Por quantas vezes você não se arrependeu por algo que deixou de fazer, um lugar que deixou de ir ou um “eu te amo” que deixou de dizer? O arrependimento faz parte da natureza humana, seja arrependimento de algo feito ou não.

Garoto sentando com as mãos na cabeça - arrependimento

O arrependimento é um sentimento de remorso, de reconhecer o seu erro e se sentir magoado por isso. Vem acompanhado com desejo de mudança, de consertar as coisas erradas, mas nem sempre isso é possível.

Talvez o importante da vida seja ser feliz, enfrentar as barreiras e arriscar-se cada vez mais. Penso que se as pessoas dissessem o que sentem o mundo seria bem mais apaixonante. Quantas histórias de amor interrompidas não existem por aí? E elas só são interrompidas porque as pessoas permitem, porque elas não dizem o que está dentro do coração por medo de não serem correspondidas ou sabe-se lá o motivo. É triste chegar aos seus últimos anos de existência pensando “eu podia ter tentado”.

Menina segurando relógio

Por outro lado, às vezes a boca é mais rápida que o cérebro e as palavras saem como uma enxurrada devastando tudo o que vem pela frente e deixando a mágoa no coração de quem amamos.  É instantâneo, o arrependimento cai nos ombros como um prédio desabando e nada mais ali volta atrás. Durante anos a marca da enxurrada permanece.

É difícil dar dicas de como não se arrepender, pois as pessoas sempre aprendem quando as coisas acontecem consigo mesmo. Às vezes pensar antes de agir pode ser demorado demais e agir sem pensar algo devastador. O caso deve ser de se entregar. Deixar que o coração diga as regras de como deve acontecer.

Menina no chapéu mexicano

Sou a favor de viver, de experimentar. Não quero chegar aos meus 80 anos (sim, eu pretendo viver até lá) e dizer aos meus netos como deveria ter vivido. Não quero nem pensar naquela frase que trás melancolia pra quem ouve e pra quem diz, “eu podia ter tentado”.

Enfim, o jeito é arriscar. Se cair, levanta. Se quebrar a cara, conserta. Mas só se vive uma vez, por isso deve-se viver intensamente. Diga “eu te amo” quando o coração acelerar ao ver aquela pessoa. Controle suas palavras quando estiver com raiva. Pule de bungee jump, saia com os amigos sem destino, viaje pelo mundo, mas viva. Como se fosse morrer amanhã.

Liberdade

Arrepender-se é inevitável, mas você pode viver com isso. Principalmente se tudo valer a pena, então está esperando o que? Faça valer, corra atrás dos sonhos. A vida é mais gostosa quando bem vivida, quando trás felicidade. E porque não procurar a felicidade amando?

Sorria mesmo em dias nublados, diga bom dia a um estranho. Trate com carinho as pessoas ao seu redor, faça pequenas surpresas agradáveis, colecione os sorrisos retribuídos. O dia pode não ter sido tão bom, receber um sorriso pode ser a única demonstração de afeto de alguém.

Em poucas palavras, o arrependimento vem quando sentimos falta de algo, como diz a música "Let her go", você só sabe que a ama porque deixou ir. Confira a letra completa nesse clipe disponível no Youtube:

Tags: ,
Publicado por Ananda Morales
Revisado em 03/02/2014

Compartilhar