Home » Meio ambiente

O lixo e o meio ambiente

Saiba sobre cada tipo de lixo e confira quais são os o processos de descarte correto para manter o meio ambiente limpo e agradável.

latas de lixo

A proteção ao meio ambiente tornou-se cada vez mais comum, sendo que a atenção com a natureza é praticada, atualmente, por uma grande parcela da população, fazendo com que as pessoas passem a se importar com pequenos aspectos que, anteriormente, eram considerados como descartáveis. O lixo e o destino do mesmo se tornaram uma preocupação da população, fazendo com que os indivíduos devam conhecer cada tipo e as consequências de seu descarte incorreto para que passem a cuidar ainda mais do meio ambiente.

O lixo tecnológico e o meio ambiente

equipamentos eletrônicosO lixo tecnológico, também conhecido como lixo eletrônico, são os resíduos produzidos pelo descarte de equipamentos e dispositivos eletrônicos, assim como peças de computador, smartphones, celulares, entre diferentes outros itens, o que torna-se cada vez mais frequente pelo aumento dos clientes e consumidores que adquirem tais tipos de materiais. Podem ser considerados como lixos eletrônicos as impressoras, cartuchos, teclados, mouses, monitores, câmeras fotográficas, entre outros acessórios e equipamentos bastante populares da informática. Os problemas causados por seu descarte incorreto, juntamente com o lixo doméstico, afetam os coletores de lixo que atuam em lixões, por exemplo, por estarem diretamente em contato com substâncias que possam lhe causar diferentes tipos de problemas de saúde. A decomposição do lixo tecnológico também é um problema quando descartado de modo incorreto, levando muito tempo para sua total eliminação.

O lixo hospitalar e o meio ambiente

Substância infectante símboloO lixo hospitalar é aquele que apresenta resíduos vindos de hospitais, ou seja, descarte de seringas, embalagens de medicamentos, entre outros produtos que, em grande parte, são considerados tóxicos, como micro-organismos causadores de doenças. Este tipo de lixo, quando descartado de maneira errada, pode produzir vários malefícios à população, fazendo com que a sujeira contida em itens próprios de hospitais e farmacêuticos, além de substâncias radioativas que podem causar infecções variadas e problemas ao organismo, como tuberculose, febre amarela e outros tipos de doenças que podem ser transmitidas pelo contato com pacientes infectados.

O lixo orgânico e o meio ambiente

As consequências do lixo orgânico são menores, porém deve-se tomar cuidado pois o descarte incorreto de tal lixo podem causar doenças bacterianas e entre outas várias.O lixo orgânico é um dos mais comuns, sendo que o mesmo trata-se de restos de alimentos e resíduos em geral de origem vegetal ou animal, normalmente domésticos ou vindos de algum local que produza e distribua refeições em geral.

As consequências do descarte incorreto deste lixo são menores, porém devem ser evitadas, elas apresentam aspectos como mau cheiro, desenvolvimento de bactérias e aparecimento de animais atrás de restos de comida, podendo também, contaminar o solo e a água,  prejudicando o saneamento básico  e outros fatores da vida social.

O lixo reciclável e o meio ambiente

Símbolo do material recicladoO lixo reciclável é um tipo de lixo que pode ser reutilizado, ou seja, os descartes que são feitos deste gênero devem ser destinados aos locais específicos para que possam ser tratados e para que, futuramente, tornem-se novos produtos, principalmente embalagens que são restauradas ou modificadas, com um método específico para esta nova preparação. É ideal que o lixo reciclável seja descartado em estabelecimentos que realizem a coleta seletiva, esta proporciona separar vidros, metais e papéis, fazendo com que cada um dos mesmos possua seu destino correto para tratamento, sem que haja desperdícios de material.

Realizar a coleta seletiva em casa também é possível, porém normalmente separando os itens basicamente entre lixo reciclável e lixo orgânico, identificando qual pode ser reutilizado.

Tags: ,
Publicado por Guilherme
Revisado em 21/10/2013

Compartilhar