Home » História

Motivos da Guerra do Iraque

A Guerra do Iraque assustou todo o mundo, começou em 2003 com a ocupação do país pelos Estados Unidos e terminou em dezembro de 2011.

Quando e Porque Aconteceu a Guerra
A guerra do Iraque foi um dos assuntos mais abordados pela mídia nos últimos anos. De fato, foi um dos conflitos mais abrangentes dos últimos anos e envolveu interesses de muitos países. Neste artigo você irá ver quais foram os motivos que levaram a essa guerra.
O conflito começou em 20 de março de 2003, quando houve a invasão do Iraque por um grupo militar liderado pelos Estados Unidos. As tropas permaneceram no país por oito anos, até que saíram em 18 de dezembro de 2011.
O principal motivo que levou o governo de George W. Bush, presidente dos Estados Unidos na época a invadir o Iraque foi o ataque terrorista que deixou centenas de pessoas mortas em 2001, nas torres do World Trade Center, em Nova Iorque.
Terroristas iraquianos assumiram o ataque e não deixaram barato, continuaram a fazer ameaças ao país do ocidente. Apesar desse motivo, também há causas ligadas à economia, política e a cultura, além da religião, que é o principal motivo dos iraquianos terem atacado a cidade americana.
Vale lembrar, que economistas afirmaram que a guerra além de “defender” os americanos de novos ataques também foi um ótimo negócio para os Estados Unidos e seus aliados, já que os valores envolvidos são bilionários e o há o petróleo, do qual o Iraque é o segundo maior produtor mundial.
Motivos da Guerra do Iraque

Outros Fatos e o Fim da Ocupação

Além dos motivos citados o motivo bélico também contou muito, com a decisão de invadir o Iraque, o presidente Bush conseguiu suplementar os esforços bélicos em mais de 80 bilhões de dólares, para se ter uma noção, isso corresponde a cerca de 10% do PIB anual brasileiro. Bush também tomou essa atitude para reconquistar uma parte do eleitorado americano, já que ele tinha a possibilidade de eleição.
Por último, todos sabem as pretensões geopolíticas que os norte-americanos possuem e não seria nada mal para eles, “ocupar” o país que acabou de matar centenas de pessoas em sua terra.
Além do ataque terrorista que atingiu os Estados Unidos em 2001, também havia a desculpa de encontrar o ditador Saddam Hussein, líder iraquiano da época que foi acusado de estar desenvolvendo armas de destruição maciças.
A guerra começou e as formas americanas e britânicas invadiram o país, apoiadas por uma pequena quantidade de militares da Austrália, Dinamarca e Polônia. Os EUA ocuparam o Iraque e tentaram estabelecer um governo democrático, porém nada deu muito certo, o conflito foi inevitável e houve uma guerra civil entre muitos iraquianos sunitas e xiitas, além de grande influencia da rede terrorista Al-Qaeda no Iraque.
Aos poucos, os países foram retirando suas tropas do Iraque e com a eleição de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos, houve a retirada das tropas de Bagdá e o fim da guerra no país. O país americano, que antes apoiava a invasão do Iraque, apoiou a decisão de Obama e esse foi um dos grandes feitos do seu primeiro mandato como presidente do país.

Tags: , ,
Publicado por Camila
Revisado em 05/01/2013

Compartilhar

Vídeos relacionados