Home » Negócios

Montar o próprio negócio

Montar o próprio negócio é um desafio, mas se tudo for planejado e feito da maneira correta, pode ser garantia de sucesso.

Homem segurando a placa de -open -Para muitas pessoas, atualmente a melhor alternativa é montar o próprio negócio para obter o sucesso profissional e financeiro.

Desde um funcionário que quer se tornar chefe ou um administrador com espírito empreendedor, cada perfil possui o mesmo objetivo, ter seu próprio negócio.

Mas para ter um bom desempenho é preciso também acertar nas escolhas.

Para começar, o ramo de negócio, a seleção de produtos, o recrutamento e a seleção de funcionários ou sócios, é preciso também botar na ponta do lápis todos os gastos, planejar tudo, desde a compra da lixeira do banheiro até às máquinas que podem ser usadas. Ter o próprio negócio para muitas pessoas é um sonho, que com muita cautela, um pouco de ousadia e criatividade pode ser realizado.

Existem algumas formas de começar um negócio, algumas mais fáceis, como comprar um negócio já em andamento, uma franquia que te dá “a faca e o queijo na mão”, ou a maneira mais difícil que é começar do zero. De uma forma ou de outra, ter a própria empresa é uma via de mão dupla, pode dar certo ou não, você pode ganhar ou perder. Então fique de olho em nossas dicas desde a escolha do ramo aos trâmites burocráticos para ter sua empresa em dia.

Como escolher o ramo de negócio?

Três dardos no alvoEscolher o ramo é um momento decisivo, mas cheio de dúvidas, porém uma boa escolha pode garantir o sucesso da empresa, assim como escolher algo que pode não ter futuro.

Antes de qualquer coisa, faça uma pesquisa de mercado, veja o ramo que está em alta no momento, quais seriam seus possíveis concorrentes, converse com outras pessoas, e analise se é ou não um ramo passageiro, algo de momento, afinal todos querem algo que cresça.

Outro item importante que deve ser considerado na escolha do ramo é seu gosto pessoal, o desejo de fazer algo que se gosta é o combustível para o sucesso, junto aos seus conhecimentos e habilidades para os negócios.

Como abrir uma empresa?

Canetas e documentoAbrir uma empresa não é tão simples assim, existe toda uma burocracia para esta realização, além dos gastos que não são baixos, portanto prepare o bolso.

Imagine que você vá abrir um restaurante, é preciso escolher uma boa localização, alvará da prefeitura, bombeiros, vistoria da vigilância sanitária e autorização para atuação, é preciso registro em cartório de empresa jurídica para tirar o CNPJ, como se fosse o CPF, o processo é bem parecido, para isso você deve levar seus documentos pessoais, no caso de sociedade, o sócio também deve levar os documentos.

Deve ser feito também o contrato social, que para ser válido é preciso ter a assinatura de um advogado.

Como se registrar como micro empreendedor individual

MEI - Micro Empreendedor IndividualO registro de micro empreendedor individual MEI, foi criado para formalizar empresas informais e de pequeno porte, autônomos e microempresas.

Isso faz com que a empresa seja mais rentável, para obter este registro a empresa não pode ter sócios, como diz o nome, é individual, ter um faturamento mensal de no máximo R$ 5.000,00, ter apenas um funcionário que receba um salário mínimo, a opção tributária deve ser simples nacional e o empresário não pode ser dono ou sócio de outra empresa.

Assista nesse vídeo do youtube o passo a passo de como abrir sua empresa:

Devo iniciar um negócio próprio em meio à crise? A resposta é: depende!

Lâmpada na cabeça de menina - Boa ideia

Isso porque alguns negócios, mesmo em meio à crise, tendem a ser lucrativos. Um bom exemplo é a atividade de cobrador de dívidas, que está dentro das classificações de possibilidades do MEI - Microempreendedor Individual, e por isso exige pouco investimento e burocracia, e que tem sua demanda aumentada em épocas de crises.

Outra questão é ver se o capital que você está disposto a investir é o suficiente para manter a atividade por algum tempo, até que a crise acabe ou ao menos diminua.

Como escolher o ramo de negócio?

Escolher o ramo de atividades é algo complicado. Pode parecer poético, mas escolher uma atividade que lhe dê prazer é algo que lhe ajudará para o resto da vida. Isso porque essa atividade poderá durar também o resto de sua vida, e em verdade é o que se espera. Afinal, ninguém inicia um novo negócio acreditando em seu insucesso, não é?

Homem unindo ação e boa ideia resultando em dinheiro

Mas não é só. Não adianta escolher uma atividade que você seja completamente apaixonado, mas não tenha nenhum domínio ou conhecimento. Caso isso ocorra, você correrá grandes chances de se aventurar em terras proibidas e acabar se arrependendo depois, e na maioria das vezes será tarde.

Portanto, escolha uma atividade que você domine e tenha prazer em realizá-la. Desse modo você trabalhará com prazer e o trabalho renderá mais. Isso vai ser importante.

Depois de feita essa escolha, analise se em sua região há demanda dessa atividade. Vender aquecedor no nordeste, por exemplo, não parece uma boa atividade. Assim como vender pranchas de surf no estado de Minas Gerais também será pouco inteligente. Use essa formula e sua chance de sucesso aumentará bastante!

Como abrir uma empresa?

Agora que você já conhece os passos para identificar qual atividade iniciar, onde iniciar e o porquê iniciar, vamos para o próximo passo. A boa vontade e uma quantia em dinheiro a disposição são requisitos essenciais para o início de uma atividade, mas há algumas burocracias a ser enfrentadas ainda.

Digitando

Vai abrir a empresa sozinho? Se sim, já tem ideia do faturamento dela? A resposta dessas perguntas é importante, pois com elas você decidirá qual o tipo societário e enquadramento da empresa, pois cada um tem seu faturamento máximo definido e uma tributação diferente.

Quanto ao tipo societário, também é muito importante e será perguntado no momento em que procurar um contador para abrir a empresa. Pois poderá ser de responsabilidade limitada ou não. Pode ser uma atividade empresarial ou não. Mas isso você descobrirá ao conversar com o contador e explicar sua real situação.

Uma boa opção é procurar o SEBRAE e obter maiores informações e conselhos de como iniciar sua atividade.

Como se registrar como micro empreendedor individual

Para se registrar como micro empreendedor individual, o novo empreendedor poderá procurar um contabilista, que, conforme determinação legal, deverá fazer isso sem qualquer custo.

Usando o notebook 2

Caso opte por não procurar um contabilista, o novo empreendedor pode se dirigir a "casa do cidadão" mais próxima, ou mesmo se cadastrar no "Portal do Empreendedor" acessando o site www.portaldoempreendedor.com.br.

Mas, como dito, não há custos ao procurar um contador. Faça isso, pois ele é o profissional habilitado para exercer essa função!

 

Publicado por Juliane
Revisado em 06/01/2014

Compartilhar

Receba novidades

Comentar