Home » Família

Mãe de filhos hiperativos

Sinais como agitação e desobediência e também percebe que seu filho não fica parado por muito tempo: ele pode ser hiperativo.

menino rabiscando a parede e silhueta da mãeAgitação, correria, barulho, desobediência... dificilmente uma mãe cria um filho sem passar por situações como essas. Mas e quando tudo isso parece passar dos limites?

Nesse caso a criança, após uma consulta com um especialista, pode ser diagnosticada com um TDAH - Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, sendo a hiperatividade um sintoma desse transtorno neuro comportamental. A hiperatividade é cercada de polêmicas, mas algo muito frequente e que precisa ser discutido.

O que é um filho hiperativo

menino sujo de tintaTer um filho hiperativo é um desafio para os pais e educadores. Algumas pessoas vêem o problema como "frescura", "falta de limites impostos pelos pais" e até mesmo "excesso de açúcar", embora de fato essas situações possam contribuir para sintomas semelhantes ao da hiperatividade, se a criança for mesmo diagnosticada com a doença, é necessário um tratamento adequado.

A hiperatividade, sintoma do TDAH, é uma alteração genética, portanto não é uma doença que pode ser contraída. Ela se desenvolve nos primeiros anos de vida da criança, normalmente até os 7 anos.

Se a criança apresenta grande dificuldade de atenção e de se concentrar (sintomas muito perceptíveis na sala de aula) isso pode ser um sinal forte de hiperatividade. Além disso a criança pode mostrar um comportamento excessivo e agressivo, com momentos de impulsividade e agitação constantes.

Como diagnosticar a hiperatividade

criança e psicólogaO diagnóstico pode ser dado por um pediatra, neurologista, psicólogo ou psiquiatra. Professores são de grande auxílio para perceber os sintomas e ajudar a acompanhar a situação da criança, porém, o National Institute of Mental Health (Instituto Nacional de Saúde Mental) afirma que os sintomas devem afetar negativamente a vida em mais de um ambiente para serem considerados hiperatividade.

Os três possíveis diagnósticos para o TDAH são:

TDAH, Tipo Predominantemente Desatento: onde o paciente apresenta sintomas como dificuldade de terminar tarefas, prestar atenção em instruções e manter o foco em uma sala de aula. A criança pode com frequência parecer exausta ou "sonhadora".

TDAH, Tipo Predominantemente Hiperativo-Impulsivo: os sintomas neste caso são mais perceptíveis que o caso anterior, são eles: energia constante, em constante atividade, não conseguindo ficar paradas por muito tempo. Por serem impulsivas não controlam suas ações ou falas, comumente fazendo comentários considerados inapropriados.

E por último, TDAH, Tipo Combinado: quando a pessoa apresenta sinais das duas categorias anteriores ao mesmo tempo.

Tratamento para a hiperatividade

mãe e criança meditandoConforme orientações do Dr. Ênio Roberto de Andrade, após um especialista diagnosticar o comportamento da criança como hiperatividade, e não apenas uma mudança de comportamento causado por algum acontecimento traumático ou outra doença, é necessário encarar esse problema de frente e buscar ajuda. Enquanto casos mais leves podem ser tratados com medidas pedagógicas os mais graves necessitam de tratamentos com medicamentos. Medidas como orientação psicológica ou terapia podem ajudar a criança a entender a própria doença, seus sintomas e assim aprender a controlar melhor as dificuldades causadas pela hiperatividade em sua vida.

Temos que ser pacientes com a criança hiperativa, para podermos ajudar como pudermos, sempre contando com orientação psicológica e/ou medicamentos receitados por um especialista.

Veja mais sobre alguns sintomas da hiperatividade neste vídeo do Youtube:

Tags: , ,
Publicado por Maria Eduarda
Revisado em 25/10/2013

Compartilhar