Home »
Warning: Use of undefined constant multiple - assumed 'multiple' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/blogcamp/public_html/wp-content/themes/k180928/templates/content-single.php on line 3
Cultura

Fernando Pessoa obras mais importantes

Um dos autores mais influentes da língua portuguesa é famoso por seus heterônimos e também escreveu várias obras com assinatura própria.

Fernando PessoaFernando Pessoa é considerado pelo crítico Harold Bloom um “legado da língua portuguesa ao mundo”, e isso não acontece sem motivo. Pessoa escreveu em ensaios, poemas e críticas, mais de 250 obras de um impressionante nível e que exercem, até hojel, plena influência em nossa língua. Vejamos quais são algumas das obras mais importantes assinadas pelo nome do autor (ou, como preferem alguns, seu ortónimo):

Quando Ela Passa (1902)

Fernando escreveu um de seus primeiros poemas quando morava em Durban, na África do Sul. O Eu-lírico (narrador), descreve a tristeza causada pela morte de uma moça que, todos os dias, passava por sua janela, encantando-lhe. A mudança de métrica, quando da descrição do epitáfio, é resultado do pioneirismo conceitual que já se mostrava no precoce artista, de então 14 anos. O poema está disponível, na íntegra, em Wikisource: Quando ela passa.
Retrato desenhado de Fernando Pessoa

Navegar é Preciso (1911*)

O poema, intertexto com a fala de Pompeu “Navegar é preciso, viver não é preciso”, é muito importante por demonstrar alguns traços da enigmática personalidade do autor. A obra, quando lida e interpretada, mostra a preocupação de Fernando Pessoa com seu trabalho, preocupação essa que foi além da própria questão da vida. Disponível em Wikisource: Navegar é Preciso.
*: Data estimada em pesquisas.

Autopsicografia (1930)

Poema iniciado na célebre estrofe “O poeta é um fingidor: finge tão completamente que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente”, também reflete o caráter biográfico da obra ortónima do autor. Disponível para visualização, no link Wikisource: Autopsicografia.
É muito difícil falar de Fernando Pessoa sem citar seus heterônimos (são mais de dez, ao todo), mas também é interessante conhecermos a obra assinada pelo próprio autor, de forma nua e escancarada, livre de todo o mistério que envolvia sua personalidade.

Tags: , , ,
Publicado por Amoedo
Revisado em 09/08/2011

Compartilhar