Home »
Warning: Use of undefined constant multiple - assumed 'multiple' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/blogcamp/public_html/wp-content/themes/k180928/templates/content-single.php on line 3
Meio ambiente

Espécies de animais raros

Alguns dos animais mais raros do mundo estão correndo risco de extinção. Conheça alguns desses animais e o perigo que correm:

Tubarão cobraAlguns animais são de longe bastante exóticos, para dizer o mínimo.

Curiosos, divertidos, diferentes e nem sempre bonitos, mas sempre fofos.

Algumas espécies são para lá de especiais, de tão incomuns que são. Essas espécies raras constituem o centro da diversidade da mãe natureza, que demonstra que ser diferente é normal, literalmente.

Esses bichinhos estão por todo mundo, e embora talvez você nunca tenha visto um deles, com certeza existe ao menos uma espécie rara perto de você. Conheça alguns desses animais raros e diferentes.

Espécies de animais aquáticos raros

Golfinho-lacustre-chinêsVamos começar por uma espécie que vem de uma família muito conhecida e querida no mundo inteiro, o Golfinho-lacustre-chinês, de nome cientifico Lipotes vexillifer. Estando entre os cinco animais mais raros do mundo, esse golfinho também conhecido em sua terra natal, a China, como Golfinho do Yang-Tsé, está ameaçado de extinção, sendo membro de uma das quatro famílias de golfinhos de água doce do mundo. Sua cor é de um tom acinzentado, que pode puxar para o rosa.

O que o caracteriza anatomicamente é seu focinho longo e a barbatana dorsal que é bastante curta, quase apenas uma protuberância. Atualmente, existe apenas um encontrado vivo no mundo.

Outro animal raro vem do mar, e não é nem um pouco fofo. O Tubarão-cobra é uma espécie que até já se considerava extinta, até que recentemente foi descoberta uma fêmea da espécie em 2007.

Eles habitam águas profundas, entre 600 a 1000 metros. Ele é considerado uma das espécies mais antigas de animais no mundo, já tendo sido encontrado fósseis seus dos tempos pré-históricos.

Espécies de animais terrestres raros

Tartaruga-das-galápagos-de-pintaÉ da terra que vem o animal mais raro do mundo, a Tartaruga-das-galápagos-de-pinta, é a espécie mais rara do planeta, tendo sido registrado um único animal da espécie, um macho que teria vivido aproximadamente noventa anos. Ele recebeu o nome de George, mas faleceu em 2012. Supostamente, essa espécie teria vivido na ilha Isabela, em torno de um vulcão. Atualmente, oferece-se uma recompensa de 10 mil dólares para quem localizar uma fêmea da espécie, isso porque uma outra tartaruga que pode ser da espécie, mas ainda existem controvérsias, vive em praga.

Outra espécie rara e somente recentemente descoberta é a de nome complexo Triboniophorus aff. Graeffei, que vive nas regiões da Oceania, e é uma das maiores lesmas do mundo. E o que torna essa lesma tão diferente? Em primeiro lugar ela é carnívora, e embora não represente perigo para o ser humano recomenda-se distância. Outra característica é o tom rosa de sua pele, extremamente forte e incomum na natureza.

Espécies de animais aéreos raros

Kakapo Strigops habroptilaUm dos pássaros mais raros do mundo é o Kakapo Strigops habroptila, natural da Nova Zelândia, é uma espécie bastante rara e fofa de papagaio, tendo um tamanho bastante incomum para a espécie, está entre os maiores papagaios do mundo, e existem apenas 124 pássaros vivos.

Outra espécie bastante rara é a do Pato Mergulhão Mergus octosetaceus.

Pato natural da América do sul, e que pode ser encontrado no Brasil Central e nordeste da Argentina.

Atualmente, existe menos de 250 deles vivos.

A ciência atual já é capaz de recriar animais extintos. Assista ao vídeo do youtube e fique sabendo:

Os animais mais raros do mundo

O mundo é repleto de seres extraordinários que estão espalhados por diferentes locais, é possível perceber características próprias dos mesmos, enquadrando-os em determinadas categorias de acordo com pesquisas e descobertas que são realizadas, muitas delas são referentes aos animais, existindo uma série de bichos raros que podem ser visualizados em alguns locais ou até mesmo já entraram em extinção.

As espécies de animais raros são consideradas aquelas onde não há muitos mais bichos pertencentes com as mesmas características, promovendo hábitos diferenciados e, principalmente, possuindo uma estética completamente variada do que é possível encontrar atualmente, fazendo com que os mesmos destaquem-se na natureza.

Espécies de animais aquáticos raros

Um dos animais mais raros e que vive na água é o golfinho lacustre chinês, o seu nome científico é Lipotes, com o significado de “deixado para trás”, este apresenta uma estética completamente particular, com várias dobrinhas, podendo ser considerada a mistura de um golfinho com um peixe-boi, por exemplo, com seu corpo diferenciado dos outros golfinhos das demais espécies.

Golfinho lacustre

O golfinho lacustre chinês é um mamífero, este está à beira da extinção, ele já foi dado como extinto, porém, em 2007, foi encontrado uma destes por meio da filmagem de uma câmera de celular.

Outro animal aquático e muito raro é o polvo do véu, o mesmo é um polvo, porém com suas particularidades, apresentando duas nadadeiras imensas e coloridas que permitem chamar a atenção e fazer com que os visualizadores julguem esta extensão de seu corpo como um véu. O polvo do véu é bem pequeno, o mesmo chega a ter no máximo 2,4 centímetros de comprimento.

Polvo de véu

Espécies de animais terrestres raros

Quanto aos animais terrestres, um dos mais raros é o búfalo da água, o mesmo pode ser comparado a uma cabra, porém com suas peculiaridades, principalmente por seu chifre e por sua força extrema.

Búfalo da água

A extinção do búfalo da água se deu não pela caça, mas pela contração da malária pelos animais, fazendo com que os mesmos fossem morrendo aos poucos, sendo, hoje em dia, muito raro encontrar um destes animais, pois os mesmos continuam a morrer ao longo dos anos.

O lince ibérico também é outro dos animais raros terrestres, este está em perigo de extinção e, em questão de estética, assemelha-se a um gato qualquer, porém bem maior em questão de altura, medindo até 70 centímetros.

Lince ibérico

Assim como o caso anterior, o lince ibérico também passou por uma fase de quase extinção fora do normal, eles acabavam caindo nas armadilhas que eram feitas por caçadores para coletar coelhos e lebres, sendo apreendidos e morrendo.

Espécies de animais aéreos raros

Quanto aos animais aéreos, também é possível visualizar uma série de bichos raros, assim como o urutau, esta é uma ave que pode ser encontrada na Costa Rica, perambulando pela noite por ser uma espécie noturna.

Urutau

Sua alimentação se baseia em insetos, porém o urutau também pode ir à caça de outros pequenos mamíferos como pássaros e morcegos, além de pequenos lagartos. Hoje em dia é possível encontrar cinco espécies de urutau, uma das mais raras é a conhecida como mãe-da-lua gigante ou até mesmo mãe-da-lua parda.

Uruatu e seu filhote

Animais raros
Com uma variedade inigualável de espécies de animais, o mundo acumula em média 8,7 milhões de espécies de animais existentes e muitas que ainda serão descobertas, pois segundo os pesquisadores a grande maioria das espécies ainda não foram identificadas e como a identificação de cada uma das espécies pode demorar anos, tudo indica que muitas das espécies serão extintas antes mesmo de poderem ser estudadas.
Mas, mesmo com uma variedade tão grande de espécies já estudadas e conhecidas, muitos animais já são raros de serem encontrados e num futuro não muito distante poderão ser classificados como extintos.
Para você que é apaixonado por animais e quer conhecer um pouco mais sobre as principais espécies de animais raros, confira o que o Portal ZUN separou para você:

Espécies de animais aquáticos raros

Chamado de Baiji ou Golfinho Lacustre Chinês, a espécie de golfinho tem nome científico de Lipotes, habita as águas doces dos rios da China, apresenta uma estética bastante particular, pois possui muitas dobras o que permite caracterizá-lo como uma mistura de golfinho com peixe-boi e possui uma cor mesclada entre o cinza e o rosa claro. Esta espécie de mamífero é considerada raro porque existem somente algumas dezenas desta espécie, por isso, foi classificado como extinto desde o ano de 2007.
Golfinho lacustre
Outra espécie de animal também considerado raro é o polvo do véu, um povo comum que possui muitas particularidades, entre elas, duas nadadeiras grandes, entretanto, o seu corpo é bastante pequeno, pois o polvo do véu chega a ter no máximo 2,4 centímetros de comprimento, mas por possuir duas nadadeiras grandes e bem coloridas que chama a atenção dos caçadores, a espécie é bem rara.
Polvo de véu

Espécies de animais terrestres raros

Por serem mais fáceis de encontrar, há muitos animais terrestres considerados raros, como, por exemplo, o Lobo Vermelho que pode ser encontrado em terras dos Estados Unidos e da Flórida, entretanto, existe em média 250 animais. São animais parecidos com um cão, mas possuem uma pelugem avermelhada, são rápidos e bastante ágeis.
Lobo Vermelho
Outro animal raro é o Lince Ibérico, um animal parecido com um lobo, mas ao mesmo tempo tem uma mistura de tigre pequeno e um gato, porém, é bem maior, pois mede cerca de 70 centímetros. O Lince Ibérico vive nas regiões de Portugal e Espanha e atualmente é possível encontrar somente 140 animais desta espécie.
Lince Ibérico
A extinção do búfalo da água ocorreu pela doença da malária que atingiu essa espécie de animal, fazendo com que muitos morressem, por isso, atualmente é muito raro encontrar um búfalo da água.
Búfalo da água

Espécies de animais aéreos raros

Com relação às espécies de animais aéreos considerados raros destacam-se o Coleura Seychellensis com apenas 100 animais da espécie. Coleura é um morcego encontrado nas ilhas do norte de Madagascar que vive em cavernas e rachaduras rochosas, alimenta-se de insetos e plantas.
Coleura Seychellensis
Outra espécie rara é o pássaro Urutau que vivem na Costa rica e gosta de perambular à noite para caçar e ir em busca de insetos, pássaros, lagartos e morcegos pequenos. Há em média cinco espécies de Urutau, entretanto, a espécie mãe-da-lua gigante e a mãe-da-lua parda são as mais raras.
Uruatu e seu filhote
A destruição do habitat e a caça são os fatores mais contribuintes para a extinção dessas espécies de animais.

Tags: , ,
Publicado por Andre
Revisado em 16/12/2013

Compartilhar