Home » Saúde

Diferença entre obesidade e sobrepeso

A obesidade e o sobrepeso são problemas que causam o desencadeamento de muitas doenças perigosas como a hipertensão e a diabetes.

balança e fita métrica

Este texto vai tratar de um assunto da pesada, isso mesmo, como anda a sua alimentação ultimamente? E as roupas de ginástica e o tênis confortável, estão abandonados lá no guarda roupas? Então é hora de mudar esta rotina. A obesidade e o sobrepeso vem crescendo de forma acelerada em nosso país, ambos pode causar sérios problemas à saúde, principalmente a obesidade. Neste artigo você vai saber mais informações sobre cada um deles e suas definições e consequências.

O que é sobrepeso?

O sobrepeso é caracterizado apenas como um excesso de peso que é determinado por homem ou mulher, altura e idade de acordo com o padrão populacional de crescimento. O sobrepeso é uma condição comum, a correria do dia a dia, a má alimentação, o consumo demasiado de fast food e a vida sedentária, esses fatores juntos contribuem para que as pessoas estejam em sobrepeso.

Sobrepeso

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Índice de Massa Corpórea (IMC) entre 25 a 30 é considerado sobrepeso e esta definição de sobrepeso tem causado mudanças sociais e econômicas, existe o preconceito que as pessoas sofrem e a demanda por acessibilidade, aumento de gastos com familiares em decorrência de doenças e problemas de saúde.

O que é obesidade?

A obesidade, diferente do sobrepeso, é caracterizada por apresentar o acúmulo de gordura por todo o corpo, sendo a quantidade de gordura, maior do que a massa magra. O sobrepeso é uma chave para que a pessoa abra a porta da obesidade, o obeso tem maiores riscos de ter doenças proporcionadas por ela. O consumo exagerado de calorias, falta de atividades físicas, provoca a obesidade, e esta traz riscos como a hipertensão, diabetes, dificuldades para respirar, problemas nas articulações como dores, pedra na vesícula e até mesmo câncer.

Obesidade

O tratamento para obesidade é simples, mudança de hábitos em relação a alimentação e começar a se mexer, fazer atividades físicas aos poucos, dentro dos limites que o organismo suporta, com o tempo a intensidade pode ser aumentada. Outra solução para casos mais graves é a cirurgia bariátrica que é um assunto polêmico, mas que já salvou e melhorou a qualidade de vida de muitas pessoas.

Obesidade e sobrepeso no Brasil

Bem, no Brasil o número de pessoas obesas e que estão em sobrepeso tem aumentado como uma epidemia, alguns especialistas estão até chamando assim, epidemia, algo que se espalha rapidamente e em grande quantidade de pessoas. Uma pesquisa feita pela POF, Pesquisa de Orçamento Familiar e que foi divulgada pelo IBGE, aponta que de forma geral, em todos os Estados do Brasil, em todas as faixas etárias e em todas as faixas de renda, aumentou o percentual de pessoas em sobrepeso e obesas e este crescimento é contínuo.

obesidade e sobrepeso no Brasil

Os dados são de que o sobrepeso atinge mais de 30% de crianças entre 5 a 9 anos de idade, 20% de pessoas com 10 a 19 anos, 48% de mulheres e 50,1% de homens acima dos 20 anos e entre pessoas ricas, este percentual é ainda maior.

Veja mais algumas informações sobre obesidade e sobrepeso neste vídeo do Youtube:


Considerado um problema de saúde pública tanto nos países desenvolvidos como também nos em desenvolvimento, a obesidade e o sobrepeso vem aumentando sua prevalência de maneira rápida e constante. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), no ano de 2002 cerca de um bilhão de adultos apresentavam sobrepeso, sendo que cerca de 300 milhões eram considerados obesos.
Relacionada a fatores genéticos, ambientais, comportamentais, culturais, psicológicos e metabólicos, o sobrepeso é o início de uma série de alterações corporais que contribuem para o desenvolvimento de doenças crônicas e incapacidades que se não revertida pode levar a obesidade grau I, II ou III que é a tão temida obesidade mórbida. Entenda sobre a diferença entre sobrepeso e obesidade e dados epidemiológicos do Brasil.

O que é sobrepeso?

Sobrepeso ou excesso de peso é definido como a existência de um tecido adiposo em excesso, ou seja, maior que o ideal saudável. O sobrepeso está relacionado com o sedentarismo, à falta de exercícios físicos e a ingestão exagerada de alimentos hipercalóricos e de poucos nutrientes.
Segundo a OMS, uma das técnicas utilizadas para avaliar se um indivíduo está com sobrepeso é o Índice de Massa Corporal (IMC), que se estiver acima de 24,9 e abaixo de 29,9 o indivíduo apresenta-se com sobrepeso. De maneira geral, o sobrepeso é o estado intermediário entre o peso considerado normal ou saudável e a obesidade.
Entretanto, algumas pessoas mais altas e fortes podem ser classificadas com sobrepeso pela técnica do IMC, por isso, utiliza-se em conjunto, a técnica de avaliação antropométrica, onde se faz a aferição das pregas cutâneas para avaliar a quantidade de gordura corporal.

O que é obesidade?

Já a obesidade é o estágio seguinte ao sobrepeso e começa a partir do IMC 30, sendo classificada em três estágios: obesidade grau I está entre 30 a 34,9; obesidade grau II entre 35 a 39,9 e a obesidade mórbida com IMC acima de 40.
Normalmente os indivíduos com sobrepeso seja na infância, adolescência ou fase adulta, se não optar por uma reeducação alimentar e um estilo de vida mais saudável, certamente avançarão para o estágio de obesidade, a qual traz sérias consequências para a saúde, afetando de maneira geral a qualidade de vida e levando a problemas respiratórios, problemas cardíacos, infertilidade, problemas musculares e ósseos, doenças coronarianas, hipertensão arterial e diabetes.

Obesidade e sobrepeso no Brasil


Cada vez mais comum no Brasil, o sobrepeso e a obesidade vem se tornando um problema de saúde pública. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiros de Geografia e Estatística), no ano de 2010 os brasileiros adultos passaram de 18,5% para 50,1% da população de homens adultos, ou seja, mas da metade da população masculina encontra-se acima do peso e no cenário feminino a história não é diferente, os números passaram de 28,7% para 48%, atingindo quase a metade das mulheres adultas.
E a história se reflete no público infantil que devido aos hábitos e estilos de vida sedentários que estão expostos, acabam por apresentar sobrepeso e obesidade e os alvos são as crianças a partir de cinco anos de idade. Segundo a POF (Pesquisa de Orçamento Familiar), uma em cada três crianças de 5 a 9 anos estão acima do peso.
E a tendência no Brasil e no mundo é que os dados aumentem drasticamente, gerando sérios problemas de saúde e muitos gastos com a saúde da população.
Assista ao vídeo e veja mais detalhes sobre a diferenças entre sobrepeso e obesidade:

Tags: ,
Publicado por Juliane
Revisado em 21/02/2014

Compartilhar