Home » Emprego

Dicas para Manter um bom Ambiente de Trabalho

Dicas para Manter um bom Ambiente de Trabalho
Trabalhar sempre foi um fator procurado por todo mundo, ou pela maioria das pessoas, e nada como ter um bom ambiente de trabalho não é? Estar em meio a pessoas bacanas e se sentir bem sob qualquer ordem do chefe e em qualquer horário o dia, para muitos isso é um desafio e tanto, pois não se adaptam ou não se sentem muito bem no ambiente em que vivem, porém, há algumas maneiras e macetes para que se viva em um bom ambiente de trabalho, e que não são nem um pouco difíceis de serem seguidas. A satisfação dos funcionários de uma determinada empresa em desempenhar suas funções, tem ligação direta com a produtividade e a retenção de seus talentos, ou seja, os funcionários que não se sentem bem de alguma forma terão seu rendimento abaixo do que se é esperado, mas, se este caso for revertido, os patrões verão grandes avanços em seus funcionários, afinal, todos querem fazer parte de um ciclo de positividades e assim, desenvolver seu respectivo trabalho que, nada mais é, do que o famoso “pão de cada dia”.
Os líderes de empresas de médio, pequeno e grande porte devem ser os maiores responsáveis por esta mudança nos ambientes de trabalho de sua empresa, pois, isso trará mais popularidade para quem ouve falar e muito mais conforto para quem trabalha diretamente para esta empresa. Estes mesmo donos devem dispensar atenção especial aos funcionários principalmente nas áreas de comportamentos e ações que possam estimular seus talentos e suas vontades escondidas. Fazer isto é muito mais do que simplesmente promover, poder disponibilizar um bom ambiente de trabalho é promover a realização de tarefas em conjunto e a integração entre os funcionários desta empresa, para que não haja nenhum tipo de conflito estimulante para os mesmos. Conseguindo atingir este nível, é possível afirmar que o ambiente de trabalho estará completamente unido e a disposição do respectivo chefe. Estas supostas interações são nada mais nada menos, do que uma troca de serviços e bem estar. Para compreender melhor este assunto, veja a seguir seis dicas praticas de como manter um bom ambiente de trabalho e fazer com que o local seja prazeroso em diversos aspectos.
Dicas para Manter um bom Ambiente de Trabalho
1° - Não Esconder a Verdade: Um dos fatores que mais contribuem para o avanço do ser humano em geral, é a verdade. Dizer a verdade não faz mal para ninguém, e se dói em alguém é porque algum tipo de mentira esta guardada dentro dela. Certamente que a comunicação aberta é a forma mais eficiente de se resolver problemas e duvidas que ficam no ar e passam despercebidas, o silencio pode até responde-las, mais ainda sim não as responderia em forma de acordo, portanto, em uma discussão de trabalho da organização com a equipe que trabalha, ou com o grupo principal da empresa, o mais certo é se mostrar cada vez mais colaborador ou colaboradora com as ideias. A dica a ser dada para quem presencia este tipo de fato é que não se torne uma pessoa fornecedora de opiniões inconvenientes, saiba se portar e dar todas suas sugestões na hora certa, que assim, com certeza, será muito bem aceito e aceita no grupo de tal forma que se tornará referência de boas perspectivas para seus superiores e para os colegas de trabalhos.
2° - Ouvir Bem os Outros Funcionários: Esta dica serve tanto para os chefes quanto para os próprios funcionários, afinal, todo tipo de trabalho é realizado em grupo, cada um na sua função, porém todos com um mesmo objetivo. Aos chefes a dica é que se reúna toda a equipe de trabalho cerca de uma ou duas vezes por mês para que se debatam de maneira muito saudável todas as lições que foram aprendidas no decorrer dos trabalhos ou as possíveis crises e desavenças que podem ter sido encontradas ao longo do mês, perguntar o que cada um deles acha tanto sobre a estadia no local quanto sobre novas melhorias para seus setores e para empresa de um modo geral. Além disto, é sempre muito importante estar bem atento ao ambiente de trabalho dos funcionários para ver todo o dia a dia e ver se é possível detectar algumas risadas ou somente o silencio. Aos funcionários, a dica é que tentem resolver tudo da melhor maneira possível, caso haja problemas entre alguns integrantes do grupo ou caso tenha acontecido algo de responsabilidade geral, o jeito é se resolver através das palavras para que se entre em um acordo, os chefes geralmente gostam de ver os funcionários tomarem suas próprias decisões.
3° - Distribuir Tarefas de Forma Estratégica: Quanto aos chefes, deve se avaliar os papeis distribuídos para os membros da empresa e a realização do ajuste de distribuição de trabalho obviamente de acordo com as habilidades e temperamentos individuais de cada um de seus funcionários, ou seja, destinar coisas que se sabe que os funcionários vão fazer bem feito, o que nos faz retornar ao assunto do bem estar durante o período de serviço. Pedir para a equipe inteira colaborar com a divisão, usar o diálogo para que todos entendam perfeitamente que o certo é fazer justiça diante das divisões de trabalhos e disponibilizar oportunidade para todos os contratados. Já para os funcionários, esta distribuição deve ser aceita desde que não haja exploração e desde que estejam nos contextos dos assuntos em que se é especializado, por exemplo, não se pede para um pessoa que odeia matemática fazer dezenas de contas, da mesma maneira que não se pede para os amantes da matemática lerem um livro em uma semana. É tudo bastante relativo, porém, tudo muito produtivo.
4° - Não Sobrecarregar os Funcionários: Para os chefes que exploram indevidamente seus funcionários, fica o aviso de que isso afastara qualquer tipo de empregado de sua empresa. Infelizmente, ainda existem alguns chefes carrascos que utilizam seus funcionários como forma de desconto sob as dificuldades que já passaram em suas vidas até chegar onde estão, entretanto, isto é incorreto, e dependendo da ocasião pode ser considerado crime, porém, isto só ocorre em casos extremos. Alguns funcionários detestam seus serviços devido a sobrecarga que tem em sua rotina de trabalho, então, aos chefes, é necessário que mudem as estratégias e que sejam mais amigáveis com os funcionários que estão ali visando ter uma melhor condição com o salario, mais que ainda sim não são obrigados a suportarem exploração ou excesso de serviços. Muitos acabam ficando doente pelo acumulo de informações no trabalho e atingem um nível de stress muito alto, comprometendo sua vida particular e sua vida no trabalho, fazendo assim com que possa haver conflitos entre chefes e funcionários. O correto é ter paciência e fazer com que o funcionário seja patriota com relação a sua empresa.
5° - Recompensar os Funcionários Colaboradores: Em algumas ocasiões é possível perceber que funcionários fazem serviços que não deveriam fazer só para contribuir com o bem da empresa, o que nos faz lembrar a questão do ambiente de trabalho, pois, funcionários que fazem isto dão indícios de que se sentem absolutamente em fazer o que estão fazendo, méritos da empresa. Entretanto, para que esse funcionário busque cada vez mais o bem da empresa é necessário que haja um estimulo para isto, e muitas vezes em pequenos gestos, como elogios e agradecimentos constantes, representam tanto quanto um leve aumento salarial daquele funcionário. Outro fator é do chefe pedir sempre a opinião dos funcionários, isto faz com que eles se sintam reconhecidos pela empresa e deem opiniões muito mais concretas visando os bens que a empresa poderá ter diante daquele assunto. Palavras simples como um “Obrigado” e um “Parabéns” são de pouca importância para alguns, mais para os funcionários que se esforçam e buscam sempre se promover a cargos mais capacitados ainda, estas palavras são fundamentais em suas rotinas trabalhistas.
6° - Desenvolver Planos para Carreira Particular: Embora seja muito importante se dedicar ao serviço e a conquista do chefe, é necessário que na maior parte do tempo o funcionário pense nele e em seus planos de vida, por exemplo, se um determinado funcionário tem uma ótima relação com seu chefe e seus amigos de trabalho e, repentinamente, recebe uma proposta de emprego com um salario mais alto, porém, em um lugar mais difícil de se trabalhar, o mais correto, para os que tem um plano de carreira, é aceitar a proposta e não se prender a condições de bem estar, embora sejam muito importantes para o dia a dia, é muito mais válido que se tente conquistar o mesmo bem estar ganhando um pouco mais. Porém, nestas ocasiões, nunca denigra a imagem de ninguém para ninguém. Conversar pacificamente com o chefe atual para ver qual é a melhor decisão fazem parte de um bom relacionamento. Discuta os pontos positivos e os pontos negativos que possivelmente irá encontrar, entre em um consenso e faça bom uso do seu futuro. O termo “amigos, amigos, negócios a parte” faz todo sentido neste tipo de ocasião, então, procure o local onde será melhor reconhecido ou reconhecida dentro da próxima empresa que irá se deparar.
Dicas como estas dicas servem tanto para quem já iniciou a carreira no mercado de trabalho quanto para quem ainda está iniciando, é muito importante que estejam todos atentos para que sempre saibam lhe dar de forma educada com qualquer tipo de situação. Entrar no mercado de trabalho com idades entre 16 e 17 anos, antigamente era uma lástima para os pais, porém hoje em dia é comum, pois os jovens tomaram consciência do que é melhor para eles e decidiram estudar cada vez mais, tumultuando as vagas em universidades, porém, evoluindo o país como um todo. Os estudantes de todas as localidades devem sempre prestar atenção em quem já é do ramo trabalhista e sempre tirar proveito para que futuramente não haja problemas com convívio ou com macetes encontrados em problemas que sempre surgiram ao longo de todas as respectivas carreiras, para que não haja nenhuma queda capaz de não permitir que o mesmo se levante. Qualquer tipo de esforço feito será recompensado não importa a ocasião, o que se deseja a todos é um bom desempenho em todos os aspectos das carreiras profissionais.

Tags: , , ,
Publicado por Fabiano
Revisado em 14/06/2011

Compartilhar