Home » Relacionamento

Como lidar com a rejeição

Saber lidar com a rejeição em alguns aspectos é fundamental para o bem estar emocional, principalmente ser aceito em sua singularidade.

Rejeição é inerente ao ser humano, tanto para quem rejeita, quanto para quem é rejeitado. Assim se torna essencial aprender a lidar com as situações que emergem no cotidiano, seja nas rejeições amorosas, familiares ou dos amigos.

rejeição1

A rejeição não está sempre associada ao fato de um sujeito não ser aceito em um grupo, amizade ou relacionamento por ter menor valor ou ser ruim, mas comumente se associa ao fato de não se encontrarem na mesma sintonia. Talvez por não possuírem os mesmos objetivos e ambições.

Pessoas com baixa alto-estima e com tendências depressivas são mais suscetíveis a passar mais tempo sofrendo, dores essas que pesquisas recentes conduzidas nos Estados Unidos sugerem ser semelhantes as dores físicas, que inclusive as mesmas regiões do cérebro são atividades para as dores de rejeições e físicas.

Rejeição amorosa

É muito comum observar pessoas sofrendo por “amor”, melhor interpretado pelo termino de uma relação ou pela falta do começo de uma. E no primeiro caso tem-se erroneamente o hábito de achar que os homens sofrem menos com a rejeição, quando na verdade o sofrimento maior está associado geralmente a quem tem mais expectativas com a relação, a aquele que se dedica mais ao relacionamento, ao ser que não queria o fim do casal, portanto sem nenhuma ligação com o gênero, mas as características sociais e culturais dos indivíduos.

rejeiçao amorosa

Não existe ao certo uma receita para curar a dor da rejeição amorosa, mas algumas estratégias, por assim dizer podem ser utilizadas.

Convém se lembrar de momentos ruins vividos com o parceiro ou parceira, se lembrar dos sentimentos e situações ruins que você foi submetido dentro desse relacionamento para que seu cérebro ao lembrar das cenas que lhe trouxeram tristeza possa desassociar a pessoa a bons sentimentos, levando ao desinteresse.
É interessante lembrar de outros momentos de afastamento em períodos anteriores, assim é possível que você enxergue como saiu da zona de angustia e volte a desfrutar das alegrias da vida. Esse processo mostrará que a dor tem um começo, um meio e fim, e que se você passou por isso uma vez, conseguirá passar novamente.

Rejeição familiar

A rejeição familiar muitas das vezes é iniciada por sentimentos supervalorizados, como ciúmes, admiração, culpa e inveja de mais. Por isso o primeiro passo para lidar com a rejeição familiar é tentar achar a causa do problema e resolver. Apesar de clichê, nada melhor do que a boa e velha conversa, tentar aprender sobre a pessoa que rejeita, visualizar a ótica desse indivíduo pode quebrar barreiras para chegar a uma solução do problema.

familiarrejeicaO

Em algumas situações a conversa não vai resolver, então é necessário que a pessoa aprenda a se valorizar mais, se conhecer melhor e aprender a lidar com as emoções para superar essa e outras situações.

Rejeição dos amigos

Tão dolorosa quanto a rejeição amorosa ou familiar é a rejeição de um amigo ou grupo de amigos. Essa submete a pessoa a uma queda de autoestima, pois erroneamente faz o indivíduo se sentir diferente, inferior ou menos interessante que os demais.

migosrejeicao

Assim vale para lidar com a rejeição dos amigos as dicas anteriores, todavia, nesse caso se tem maior abertura para procurar novas pessoas, criar novas amizades onde ambos tenham os mesmos interesses e estejam sintonizados. Ao encontrar novas amizades é provável que haja um preenchimento do espaço vazio, que dava lugar a dor da rejeição.

De modo geral é valido procurar ajuda profissional quando o sentimento de dor for intenso, principalmente se isso está levando você a problemas físicos e emocionais. Veja mais sobre rejeição no vídeo.

Moça triste

A rejeição é um problema muito delicado e que precisa ser  cuidado. Afinal, quando uma pessoa é rejeitada de alguma forma, ela acabada sofrendo, não somente pela rejeição, mas isso pode causar danos psicológicos e abalar a vida emocional da pessoa.

Em casos mais sérios, a pessoa rejeitada tem a vida amorosa, profissional e familiar drasticamente afetada. Por esse motivo todos devemos saber como lidar com esse problema:

Rejeição amorosa

O amor é algo lindo e maravilhoso, quando recíproco. Em alguns casos existe a rejeição por parte de um dos envolvidos, seja por falta de amor ou ainda por uma terceira pessoa envolvida.
casal terminando relacionamento
Seja qual for o motivo da rejeição, quando você ama alguém e esse alguém não sente o mesmo por você, acaba virando uma mágoa. Muitas pessoas que sofreram por amor evitam se envolver em outros casos amorosos, porém esse é um grande erro!
Para lidar com a rejeição amorosa é preciso em primeiro lugar se amar. Além disso ter bons amigos também ajuda a melhorar a angústia que normalmente é sentida.
Tem gente que quando sofre rejeição fala no assunto insistentemente para quem quiser ouvir. É natural querer desabafar, porém escolha a pessoa que você fará isso é evite gritar sobre o assunto para o resto do mundo.
Esse fato também inclui as indiretas em redes sociais. Além é claro de evitar as espiadinhas no perfil da pessoa.

Rejeição familiar

Menino se sentindo rejeitado em família
Esse é um problema mais sério, pois a família é a base estrutural de um ser humano. Quando existe a rejeição dentro de casa, há grandes chances de causar danos sérios e até permanentes.
Por esse motivo é importante um acompanhamento desses casos, principalmente quando se trata de crianças mais novas, que sentem a rejeição dos pais ou outro familiar de uma forma muito mais intensa.
É importante que pessoas que se sintam rejeitadas dentro de casa procurem alternativas e atividades que as façam se sentir melhor, como esportes, música, artes e até mesmo a igreja podem ajudar.

Rejeição dos amigos

Esse tipo de rejeição é mais conhecida como bullying. Essa atitude negativa, que acaba afetando a vida emocional das pessoas pode levar a sérios danos irreversíveis, como até mesmo morte.
Menino se sentindo rejeitado na escola
Quando essa rejeição é perceptível e a vítima não toma uma atitude, é preciso que os mais próximos incentivem a essa pessoa a fazer um tratamento psicológico.
Uma forma de lidar com a rejeição dos amigos também envolve a busca por outras atividades e até mesmo frequentar novos círculos de amizades ou ainda lugares novos.
A rejeição, seja ela como for, precisa ser tratada com calma e paciência, e se for preciso, um psicólogo pode ajudar a passar por esse problema.
Confira um vídeo muito interessante com o tema: Lidando com a rejeição de Flavia Melissa.

Publicado por Bianca
Revisado em 10/03/2016

Compartilhar

Vídeos relacionados




Conteúdo relacionado

Como lidar – Dicas para situações cotidianas

Como lidar. Dicas para situações cotidianas. Menu. Sobre; Contato; Primeiro post do blog. 3 de fevereiro de 2017 3 de fevereiro de 2017 Alexandre Mattos. Este é ...

Como lidar com a rejeição - blogcamp.com.br

Saber lidar com a rejeição em alguns aspectos é fundamental para o bem estar emocional, principalmente ser aceito em sua singularidade.

Blogcamp

blogcamp.com.br. Blogcamp. Mudança do comportamento do consumidor. ... Como lidar com a rejeição. Benefícios da dieta Mediterrânea. Crescimento dos pés.

Pai ausente na infância - Mundo Mulheres

Entenda as principais consequências da ausência paterna e saiba como lidar com a ... buscando eliminar qualquer traço de rejeição. ... https://blogcamp.com.br/a ...

O que fazer quando a criança não quer ficar na escola ...

A melhor coisa a se fazer neste momento é conversar com a criança para saber o que está causando esse sentimento de rejeição nela. Uma reunião com professores ...

Dicas para acabar com a depressão - Mundo Mulheres

A depressão é um tipo de distúrbio afetivo que tem como sintomas a tristeza, pessimismo, baixa autoestima entre outros sintomas.

Bê-a-Blog – Tudo que você precisa saber sobre blogs

Edição revisada. O que estou apresentando hoje é o Bê-a-Blog Volume I – revisado e com novo formato. O original foi publicado em 2008 e já conta com quase 12 ...

Idéias e Ideais: Quem educa quem?

São as trocas, as interações, as relações que, sem dúvida, promovem crescimento. É o conhecimento acumulado, por séculos, que permite encurtar ...

Bites edição3 by Bites - issuu

Issuu is a digital publishing platform that makes it simple to publish magazines, catalogs, newspapers, books, and more online. Easily share your publications and get ...

Receba novidades