Home » Saúde

Como evitar o mau hálito ou halitose

O hálito ás vezes mais desagradável pode ser normal em qualquer pessoa, mas ter um mau hálito constantemente não é uma coisa normal e precisa ser tratada, pois muitas vezes ele pode prejudicar sua vida profissional e amorosa.

De acordo com pesquisas cerca de 90% do mau hálito se origina na boca, pois ali vivem centenas de bactérias com diferentes necessidades nutricionais. Quando essas bactérias digerem proteínas podem ser liberadas substâncias que têm mau cheiro, entre esses cheiros podemos encontrar o gás sulfídrico, que lembra o cheiro de ovo estragado, escatol uma substância também encontrada nas fezes, cadaverina associada à decomposição de corpos e ácido isovalérico que está presente no suor dos pés.

São substâncias bem estranhas, não são?! Mas são substâncias que podem sim ser encontradas em pessoas com halitose, e esses odores são quase imperceptíveis para os portadores, porém as pessoas que se relacionam com ela com certeza sentem.

O mau hálito pode ser causado por qualquer evento que provoque um ressecamento da boca, como o cigarro e o jejum prolongado, mas a ingestão de alimentos fortes também pode contribuir como o alho, pimenta e pimentão.

Para evitar então a halitose é preciso que você sempre mantenha a sua boca limpa, lembrando que para confirmar a origem de sua halitose é preciso consultar um médico pois ela pode ser por problemas estomacais e até intestinais.

Escove os dentes antes de tomar o café da manhã, assim você eliminará toda a camada grossa de substâncias indesejáveis, e após o café escove novamente para retirar os restos de alimentos nos dentes evitando o acúmulo de alimentos e conseqüentemente o mau cheiro.

Mantenha a boca sempre úmida, se sentir necessidade masque por pouco tempo chicletes sem açúcar, não permaneça muito tempo sem comer, faça gargarejos com produtos comerciais, pois esses produtos reduzem o número de bactérias.

Algumas técnicas antigas também resolvem como mascar cravo, canela e semente de anis, pois as frutas têm atividade bactericida.

Saiba que o mau hálito atinge cerca de 60% da população, mas mesmo sabendo disso não deixe que isso prejudique as suas atividades diárias, procure um especialista e cuide deste mal que pode futuramente prejudicar a sua saúde.

Tags: , , ,
Publicado por Fabiano
Revisado em 09/12/2010

Compartilhar