Home »
Warning: Use of undefined constant multiple - assumed 'multiple' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/blogcamp/public_html/wp-content/themes/k180928/templates/content-single.php on line 3
Relacionamento

Como evitar bullyings

O bullying pode acontecer principalmente nas escolas, mas também está cada vez mais comuns em redes sociais. Confira como se defender.

O termo bullyings é usado para descrever uma situação de assédio físico ou moral intencionais, praticado por uma ou mais pessoas, a um único indivíduo, podendo ser homem ou mulher em diversas situações.

Um dos lugares mais comuns que ocorre o bullying são nas escolas. Alunos sofrem os assédios fora da visão dos adultos, assim por medo ou até mesmo devido as ameaças ou vergonha, acabam não se defendendo ou contando para os professores, diretores ou pais.

Devido o problema estar se tornando comum, o assunto vem ganhando muito destaque nas palestras das escolas, internet, programas de TV e até mesmo nos ambientes de trabalho, já que muitas pessoas sofrem com o problema. Porém, quando ocorre em empresas, é chamado de assédio moral.

Características de pessoas que praticam bullyings

Como evitar bullying

As pessoas que praticam esse ato são crianças, adolescentes, jovens e até mesmo adultos. Todos têm uma personalidade muito forte, autoritária e combinada com uma grande necessidade pessoal de dominar ou controlar situações de um modo geral.

Tanto no ambiente escolar como no trabalho, esse tipo de assédio pode acontecer, por meio de um ponto de vista preconceituoso, sentimento de inveja e, até mesmo, o ressentimento podem ser motivos suficiente para sua prática.

Sintomas de quem sofre com bullyings

Estudantes ou trabalhadores que sofrem com os assédios dificilmente falam sobre o assunto, devido às ameaças, constrangimento, sentimento de culpa ou medo. Nas crianças, a recusa de ir à escola, queda no rendimento escolar, tristeza, depressão, ansiedade, distúrbios alimentares e isolamento são os principais sintomas.

Já os adultos costumam apresentar irritabilidade com familiares, depressão e desânimo. Se você está desconfiado que seu amigo ou filho está sendo vítima dos bullying, fique atento quanto algumas das características ou sintomas e procure conversar bastante com ele.

Como evitar bullyings nas escolas

Em todos os ambientes escolares podem acontecer os casos de bullying, pois o problema pode acontecer dentro ou fora das escolas, por isso deve haver sempre fiscalizações e conversas francas entre os professores com os alunos para todos se conscientizarem.

A escola não deve ser um local de apenas ensino formal, mas também dar orientações sobre a formação dos cidadãos, cooperação com os amigos, direitos e deveres como cidadão e principalmente saber preservar e respeitar as pessoas em geral.

A conscientização é a melhor forma de evitar que os alunos possam sofrer de bullying, abaixo seguem algumas alternativas.

- Realizar palestras de conscientização.
- Promover campanhas entre os alunos.
- Aprender a valorizar as amizades.
- Ensinar a respeitar as diferenças.

Essas são apenas algumas das alternativas que podem ajudar a evitar o problema nas escolas, porem não é uma garantia de que vai acabar de uma vez por todas.

Como evitar bullyings no ambiente de trabalho

Sofrendo bullyings no trabalho.

Quando o trabalhador sofre com bullying é visível, pois seu rendimento cai, afetando diretamente seu bem estar, além de não sentir vontade de sair de casa para trabalhar, devido às "brincadeiras de mau gosto" que são realizadas pelos colegas de trabalho. Se você sofre com isso, denuncie a prática a polícia. Basta ir a uma delegacia mais próxima e fazer um Boletim de Ocorrência.

Assédio moral no trabalho

 

O bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais. Em alguns casos as pessoas são vítimas e também praticam o bullying.

O bullying pode acontecer em qualquer ambiente como no trabalho, nas ruas, com adultos e crianças. Mas as ações de bullying são comuns nas escolas, pois a maioria das agressões acontece longe dos adultos, o que faz com que a criança não conte aos mesmos.

Algumas crianças não aceitam o modo de ser do outro, criticam sua aparência, seus gestos, enfim agridem o companheiro sem motivos.

O bullying pode acontecer de maneira direta ou indireta. O direto acontece quando alguém agride verbalmente um indivíduo que não gosta ou tem alguma implicância, com expressões e atos que ocasionam mal estar aos alvos. Em muitos casos podemos notar, além das agressões verbais, a violência física.

O indireto ocorre quando as vítimas estão ausentes e isolam, tratam com indiferença e difamação o outro.

Menino triste com bullyng

Dicas para evitar o bullying

Para evitar o bullying é necessário ficar sempre atento ao comportamento das crianças, observar sua rotina, e se ele não está apresentando alguns sintomas comum das vítimas, como agressividades, bulimia, faltas nas escolas, notas ruins, relatos de medo, depressão, dentre outros.

Ao perceber estes sinais, cabe aos pais levar os filhos ao psicólogo, conversar com os pais dos alunos que praticam bullying, e adotar medidas que ajudem a solucionar este problema.

A conscientização é a melhor maneira de evitar o bullying, as escolas devem promover palestras que relatem este assunto para que possa alertar os alunos da gravidade do problema. Campanhas com cartazes ou até mesmo trabalhos escolares também são excelentes táticas para evitar o bullyng.

Os professores, pais e diretores devem incentivar as amizades e acima de tudo apresentar palestras que ensinem as crianças a respeitar as diferenças dos outros.

Menina sofrendo bullying

Bullying no trabalho

Os adultos vítimas de preconceito no trabalho, por exemplo, tendem a sofrerem com depressão e baixa autoestima, sendo necessário procurar a ajuda de um médico especialista para que o mesmo possa recomendar o melhor tratamento. No trabalho, esse tipo de violência é chamada de assédio moral.

O bullying no trabalho pode afetar o rendimento do indivíduo, pois muitos sofrem com brincadeiras de mau gosto que causam certo desconforto, diante disso é necessário realizar uma denúncia a polícia.

Bullying nas escolas

No vídeo abaixo você pode conferir algumas informações sobre bullying e o que pode levar as crianças a cometerem estas agressões ao outro.

Preste atenção se seu filho não está sofrendo bullying, desta maneira você pode adotar algumas medidas para solucionar estes problemas.

Tags:
Publicado por Paula
Revisado em 19/09/2012

Compartilhar