Home » Beleza

Como cuidar de espinha

Muito comum na fase da adolescência, as espinhas são os piores pesadelos dos jovens. Confira dicas de como acabar com elas.

Espinhas

O problemas com acnes, ou mais comumente chamado de espinhas, é sem dúvidas a complicação que mais assombra os adolescente em todo o mundo. Mas não há como fugir, "se ela te pegar" o que resta é tratá-las de maneira adequada e evitar complicações futuras. Exitem diversos métodos de tratamento para evitar espinhas, ou até mesmo para cuidar depois que aparece.

Nosso foco nesse artigo é o tratamento pós espinha, ou seja, depois que ela dá seus sinais. Aprenda com nossas preciosas dicas de como cuidar de suas espinhas.

Como cuidar de espinha no rosto

A prioridade, é importante procurar um dermatologista e descobrir a causa de suas acnes (espinhas). Qualquer tratamento exige o conhecimento de sua origem. Uma das causas mais comuns advém da higiene facil e uso de produtos inadequados. Então, realize diariamente uma boa limpeza da pele facial com produtos voltados para esse fim, que podem ser facilmente encontrado em farmácias e lojas especializadas em cosméticos.

Lavando o rostos

Importante também usar sabonetes específicos para limpeza de pele com acnes, como o sabão de enxofre. Procure utilizar também hidratantes para o rosto com propriedades adequadas para seu tipo de pele. Faça sempre que puder esfoliação,também com produtos especializados para isso. Ao esfoliar seu rosto, voce elimina células mortas acumuladas, e isso favorece a limpeza e aparência de sua pele.

Alimentar-se bem também é muito importante. Mantenha sempre um alimentação balanceada, isso é bastante importante. Protetor solar. Já dizia Pedro Bial - Use protetor solar! Brincadeiras a parte, usar protetor solar é muito importante para a prevenção de acne e também para a saúde de sua pele.

Como cuidar de espinha interna

Para tratar qualquer tipo de acne, seja interna ou externa, a dica mais importante é: jamais espremer! Esse ato irá inflamar ainda mais o local, especialmente se for espinha interna. Ao inflamar, você estará dando chance para a proliferação de bactérias e isso acarretará em cicatrizes permanentes.

No caso das espinhas internas, utilize compressa de água morna. Isso amenizará a inflamação, pois a temperatura da água irá acalmar a pele, aliviando as dores e abrindo os poros. Essa é a meneira mais adequada de livrar-se das espinhas internas, porque ao abrir os poros fará com que a espinha saia naturalmente.

Compressa na espinha

Mas vá com calma. Colocar compressas de água morna nas espinhas pode ajudar, mas não exagere. Faça isso no máximo duas vezes ao dia.

A acne, conhecida popularmente como “espinha”, é uma condição cutânea. Ou seja, você pode seguir procedimentos para diminuir seu aparecimento, mas evitá-los 100% é praticamente impossível. Se há uma certeza na vida é de que todos temos, tivemos ou teremos espinhas durante a vida.

Mulher se olhando no espelho

Por ser um fator que interfere diretamente na aparência, o excesso de acne pode provocar uma diminuição na autoestima. Todavia, com alguns cuidados básicos, você poder diminuir bastante os efeitos dela no seu rosto.

Existem tratamentos diversos para esta condição. A mais eficaz e rápida é o tratamento médico com aplicações de substâncias específicas, mas esta opção não costuma ser barata. É preciso ter em mente que se você tem espinhas em excesso é um resultado do seu estilo de vida, acima de tudo da sua alimentação. Portanto, este é o primeiro passo para o combate à acne. Abaixo, separamos dicas mais naturais e baratas, confira:

Como cuidar de espinha no rosto

Você provavelmente já ouviu que a melhor forma de tratar uma espinha é deixar ela secar sozinha. Isso é mito. Sem o tratamento adequado os cravos e espinhas podem resultar em cicatrizes e manchar escuras, o que deixa a pele com um aspecto não muito agradável.

Principais fatores para ter uma pele saudável:

SemTítulo-3

Lave o rosto ao menos duas vezes ao dia e sempre após algum momento de transpiração elevada.

Consuma produtos que sejam ricos em Vitamina A, Zinco, Vitaminas E e C, Selênio e ômega 3.

Evite o açúcar. O excesso de glicose nas células pode gerar inflamações e diminuir nossa resistência imunológica, dando brecha para o surgimento de acne e outros problemas de pele. 

Como cuidar de espinha interna

A espinha interna exige tantos cuidados quanto uma espinha aparente. Algumas medidas podem ser tomadas para tratar essas “vilãs“ que tanto incomodam:

SemTítulo-5

Evite espremer a espinha interna, pois pode agravar a inflamação e aumentar a dor;

Lave a região afetada com sabonete antisséptico;

Aplique um hidratante com proteção solar;

Nunca aplique maquiagem na região afetada; 

Como cuidar de espinha inflamada

Essas são as mais perigosas, pois além de poder se agravar, elas com certeza deixarão cicatrizes visíveis na sua pele. O mais importante se você estiver com uma espinha inflamada é evitar alimentos gordurosos como frituras e doces.

Existem maquiagens específicas para quem está enfrentando este problema de pele. Use e abuse deles. Cremes e loções contra acne também podem ser aplicados sob a pele inflamada, pois são desenvolvidos especificamente para isso.

SemTítulo-4

Beber bastante água é uma das melhores dicas para quem quer evitar as espinhas antes mesmo que elas apareçam, pois isso ajuda a manter a pele sempre hidratada, saudável e bonita!

Espinhas

Apesar de muitas vezes ela aparecer bem pequena, causa um problemão na vida de muitas pessoas! As espinhas são terríveis, e além de deixar a pele com um aspecto feio, também pode causar dores, piorar a inflamação e ainda deixar marcas no seu rosto! Por esse motivo, é extremamente importante que você cuide de suas espinhas. Somente assim conseguirá evitar maiores dores e marcas em sua pele!

Elas podem surgir no rosto, nas costas ou em qualquer outro lugar do seu corpo, ela pode simplesmente surgir pequenininha, grande, ser interna e ainda inflamar! Saiba como cuidar de suas espinhas, seja qual for o tipo dela:

Como cuidar de espinha no rosto

As espinhas são pequenas lesões que surgem na pele devido ao aumento da secreção sebácea, que acontece quando os micro-organismo acabam surgindo e causando as inflamações. Primeiramente entenda que a acne pode surgir em até 4 graus!

A acne de grau 1, é a mais leve forma que as espinhas surgem, normalmente elas não inflamam. Já a acne no grau 2, as inflamações começam a aparecer com o pus, porém ainda em tamanho menor. No grau 3 as espinhas já surgem pequenas e grandes, sendo as maiores chamadas de cistos, mais profundas e mais doloridas. O grau 4 é o pior estágio da espinha, onde os cistos são muito mais doloridos e a inflamação é muito maior. Em alguns casos causa até deformação!

Creme para espinhas

Para tratar suas espinhas de grau 1 e 2, você pode utilizar cremes em sua pele, dessa forma você ajuda a diminuir ou evitar a oleosidade, fator que ajuda aumentar o surgimento das bactérias e micro-organismo.

Como cuidar de espinha interna

A espinha interna é a mesma coisa do que qualquer outro tipo de acne, a diferença, é que na região que a espinha surge, o orifício de saída está entupido pelo sebo que a própria pele produz. Você não deve apertar, mexer ou ainda furar sua espinha interna, o melhor a se fazer é lavar com sabonete para pele oleosa ou algum outra que tenha propriedades secativas. Em casos muito sérios, procure um dermatologista para que ele receite medicamentos via oral, se for o caso.

Lavando o rosto

Como cuidar de espinha inflamada

Os casos de espinhas inflamadas surgem mais quando a acne está nos graus 3 e 4. Para esse tipo de problema, o ideal é consultar um dermatologista para indicar o melhor creme, além de tratamento via oral que deve ser receitado pelo mesmo nos casos mais graves.

Expremendo espinhas

É importante que você tome apenas medicamentos receitados por um médico, pelo contrário, poderá causar danos a sua saúde e continuar com espinhas!

Tags:
Publicado por Paulo
Revisado em 20/03/2018

Compartilhar