Home » Mulheres

Causas do corrimento saiba como evitar

Mulher esperando atendimento médico

Um dos problemas ginecológicos mais comuns e frequentes na mulher é o corrimento, onde alguns deles são causados por doenças sexualmente transmissíveis, outros por desregulamento da flora e também devido a fatores psicológicos, como o estresse.

Mas é importante lembrar que toda mulher possui uma secreção própria, que é natural e normal. Durante o período fértil esse muco fica um pouco aumento, com aspecto cristalino, como se fosse uma clara de ovos.

No entanto, quando essa secreção passa a assumir um aspecto esbranquiçado ou amarelo e com odor, acompanhado de coceira, é indicado procurar ajuda médica, pois o corrimento varia de um simples desequilíbrio orgânico até doenças como a gonorreia.

A candidíase é um dos corrimentos mais frequentes na mulher e pode trazer vários desconfortos à mesma, uma vez que a mulher fica bastante incomodada.

Ela se apresenta com um corrimento de aspecto cremoso e esbranquiçado, podendo ser adquirida através de relações sexuais, por objetos e roupas contaminados, devido uma higiene pessoal inadequada ou quando a mulher apresenta baixa resistência imunológica.

Para evitar os corrimentos é indicado tentar manter a região mais arejada possível, pois os corrimentos aparecem quando a área está quente e úmida. Uma boa dica é utilizar calcinhas de algodão, as quais permitem uma ventilação melhor e absorvem as secreções. Outra ideia é dormir sem calcinha a fim de evitar o abafamento da região sempre que possível.

Alguns fatores também contribuem para o aparecimento desse problema, tais como:

- Baixa Imunidade
- Alergia
- Doenças sexualmente transmissíveis
- Diabetes
- Gravidez
- Higiene incorreta
- Estresse

Tags: , ,
Publicado por Lucimara
Revisado em 07/01/2011

Compartilhar