Home » Cultura

Características da cultura Helenística

Conheça alguns aspectos sobre a cultura Helenística que é antiga, porém muito importante para o desenvolvimento da história atual.

ruínas de templo na Grécia

O helenismo, também conhecido como período helenístico, é um destes marcadores significante para a história da Grécia, sendo que os gregos viveram este período, no Oriente Médio, após a morte de Alexandre, O Grande, que aconteceu em 323 antes de Cristo, até a anexação da península grega à Roma, o que aconteceu em 146 antes de Cristo, identificando um período repleto de descobertas, novidades e até mesmo valores que foram agregados até o presente momento não somente para os gregos, porém espalhando-se para diferentes locais do mundo, permitindo levar o conhecimento de uma cultura completamente diferente e surpreendente.

A ciência para a cultura Helenística

Uma das características que mais foi evoluída na cultura helenística possuiu relação com a ciência, sendo que várias descobertas foram dadas nesta época, tornando-se significantes para os gregos e diferentes outros povos que, com o tempo, também foram afetados pelas novidades. No campo da medicina, as descobertas foram variadas, sendo que os estudos à frenologia iniciaram-se, fazendo com que diferentes aspectos do cérebro fossem estudados, principalmente destacando que o cérebro e o cerebelo não eram a mesma coisa.

heliocentrismo

O ritmo do pulso também foi descoberto, assim como outros órgãos como duodeno, pâncreas e próstata que passaram a ser conhecidos. Os pulmões também foram descritos pelos estudiosos da época, sendo que os mesmos também, por meio da contagem da pulsação, permitiram a descoberta do fluxo sanguíneo. Na matemática ainda houve mais descobertas relacionadas à ciência, descobrindo algumas vertentes deste campo de estudo como a geometria, seções cônicas, cálculo integral, lei da impulsão, dentre outras. Em questão de astronomia, foi dado o heliocentrismo, além da descoberta da Via Láctea e da geografia.

Filosofia da cultura Helenística

A filosofia também é uma das fortes características do período helenístico, sendo que este campo de estudo apresenta várias diversidades, sendo que as desenvolvidas pelos gregos, após a morte de Alexandre, o Grande, foi conhecida como filosofia helenística, com identificação própria para os pensamentos que eram desenvolvidos pelos estudiosos.

principais filósofos do periodo helenístico

Houveram três escolas filosóficas que permitiram marcar o período helenístico, sendo que as mesmas eram conhecidas como estoicismo, epicurismo e ceticismo, cada uma delas com suas próprias verdades e afirmações que aos poucos difundiram-se pelo mundo inteiro.

Arte da cultura Helenística

Para os gregos, na época helenística, a arte era algo reservado somente para os povos mais ricos e com dinheiro suficiente para produzir, inventando novas técnicas que permitiram surpreender os admiradores.

Em questão da arquitetura, também fazendo parte da arte, foi encontrada uma influência oriental, enquanto para as esculturas destacaram-se neste período como uma fonte de idealismo clássico, com diversas obras que, até hoje, são conhecidas, assim como Vênus de Milo. Não houve muitas pinturas naquela época, sendo que houve somente alguns artistas dentre poucos que ainda realizavam quadros, em suma, todos estes baseados em paisagens.

A história é marcada por diversos fatos, sendo que alguns deles podem indicar o início ou final de uma nova era, fazendo com que as pessoas passem a situar-se por meio de tais marcadores, tornando-os reconhecidos e populares, com características que permitem indicá-lo perante a população.

Tags: ,
Publicado por Guilherme
Revisado em 18/10/2013

Compartilhar

Vídeos relacionados