Home » Brasil

As Forças Armadas Brasileiras

As Forças Armadas possuem um papel de grande importância para o Brasil, que vem desde os tempos de colônia até a atualidade.

As Forças Armadas BrasileirasA história das forças armadas de um país e sua própria história se confundem.

É o que acontece em nosso país, na qual a participação do exército na história política brasileira foi fundamental desde os tempos da colonização, quando ainda se preocupava com atentados estrangeiros, até nossa história recente, com a ditadura militar.

Conheça mais sobre as três bases de nossas forças armadas.

Forças Armadas Brasileiras: Marinha

A Marinha Brasileira é a mais antiga entidade de defesa militar de nosso país. Sua história começa antes mesmo do Brasil, ainda com a Marinha Portuguesa.

A nossa marinha só tomaria formas efetivas com a chegada da Família Real de Portugal em 1808. Para proteger os mares, e naturalmente a família, foi necessário criar nossa própria força, que se chamou Armada Nacional, da qual fazia parte a Marinha de Guerra brasileira.

simbolo da marinha

Ela era composta por militares, navios e contingências portuguesas, que acompanhavam a família real, e se juntaram à eles poucos brasileiros, tanto os nascidos aqui como os naturalizados, e finalmente com alguns mercenários de outros países que vendiam seus serviços.

Deste ponto em diante a Marinha brasileira passaria por altos e baixos, chegando a se tornar uma das mais poderosas frotas da América do Sul e logo após se tornar obsoleta, durante o período da República Velha.

Isso porque ela era extremamente fiel ao imperador deposto, e o governo que se preocupava em conter as revoltas não se sentia nem um pouco inclinado em investir em um possível problema.

Somente em 1906 começou-se com o apoio do barão do Rio Branco o processo de modernização da Marinha. Ainda assim, o estado da marinha continuou precário.

Esse foi um dos motivos que teria levado a Marinha a apoiar o Golpe de Estado no Brasil em 1964, na busca por melhores condições para os militares. Atualmente, a Marinha Brasileira ocupa um papel central na defesa do país, ainda que afastada do cenário político.

fuzileiros navais

Ela tem o trabalho de proteger os mares, fazendo assim também o papel de guarda-costeira. Cabe, por sua vez, ao presidente da república determinar sua maior utilidade.

A Marinha conta com vários componentes internos para realizar seu trabalho, como a Aviação Naval Brasileira, o Corpo de Fuzileiros Navais e o Grupamento de Mergulhadores de Combate.

Forças Armadas Brasileiras: Exército

A história do Exército Brasileiro começa com o surgimento do próprio estado Brasileiro. Surgiu com a independência do país, criado para lutar com a força portuguesa, mas já existia movimentos anteriores, desde os tempos da colonização.

Exército Brasileiro

No decorrer de sua história, o exército teve participação ativa para conter rebeliões e insurreições internas no Brasil. Todavia, foi durante o Golpe de 1964 que se tornou efetivamente importante para a história do país, uma vez que era o órgão com maior poder dentro da ditadura.

Felizmente, atualmente, o Exército Brasileiro está afastado dos núcleos políticos, e serve a pátria como defensor de nossa soberania, na qual está submetido ao Governo Brasileiro, sendo o presidente da república seu maior líder.

A organização do exército se dá do seguinte modo: encabeçando a organização, na qual se encontram os líderes supremos, está o Estado-Maior do Exército, seguido pelos órgãos de direção setorial, que são o Comando de Operações Terrestres, Departamento-Geral do Pessoal, Departamento de Educação e Cultura do Exército, Departamento de Ciência e Tecnologia, Comando Logístico, Departamento de Engenharia e Construção e Secretaria de Economia e Finanças.

Soldado do exército

A parte operacional é realizada pela Força Terrestre, sendo divida em divisões de exército, brigadas, unidades de combate e de apoio ao combate.

Do mesmo modo, o Exército está presente no Brasil inteiro organizado em vários Grandes Comandos, unidades e subunidades.

Forças Armadas Brasileiras: Força Aérea

Sendo a maior Força Aérea da América Latina, a história de nossa aeronáutica começa em 1918, com a criação das maiores forças aeronáuticas do mundo, como a britânica e a francesa.

Força Aérea

Desde então, muito foi especulado e proposto, e cada vez mais ficava mais eminente a importância de uma força aérea própria para o país. Mas somente em 20 de janeiro de 1941 viria a surgir efetivamente a Força Aérea Brasileira.

Teve participação em muitos eventos históricos, como a segunda guerra mundial. Atualmente, sua principal função é patrulhar nosso espaço aéreo.

A organização da Força Aérea Brasileira começa pelo Comando da Aeronáutica – COMAER e se subdivide em três comandos: o Comando-Geral de Operações Aéreas, Comando-Geral de Apoio e o Comando-Geral de Pessoal; que por sua vez se subdividem em três departamentos: o Departamento de Controle do Espaço Aéreo, o Departamento de Ensino da Aeronáutica, e o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial.

E termina com bases aéreas espalhadas pelo Brasil inteiro.

Soldados da FAB

As Forças Armadas são entidades que possuíram e ainda possuem papéis fundamentais e importantes na história de nosso país.

Assista ao vídeo abaixo e veja mais sobre as Forças Armadas Brasileiras.

Militares das Forças Armadas

As instituições nacionais possuem grande foco de conhecimento para os brasileiros, sendo que as Forças Armadas Brasileiras apresentam um conjunto que possui uma missão constitucional, baseada em zelar pela defesa da Pátria, com diversos indivíduos que concorrem aos cargos para que possa “lutar” por seu país e mantê-lo de forma pacífica, realizando diferentes funções de acordo com a vertente na qual se enquadra.

Forças Armadas Brasileiras: Marinha

Marinheiros brasileiros

Uma das três Forças Armadas Brasileiras é a Marinha, sendo que a mesma também é conhecida como Marinha do Brasil, considerada a responsável por realizar operações variadas por meio de águas pertencentes ao território do país. Operações navais para que a guarda destas regiões sejam feitas são essenciais e frequentemente praticadas pelos profissionais que fazem parte da Marinha do Brasil, sendo considerada a maior marinha de toda a América Latina e uma das únicas com a possibilidade de operar porta-aviões, por exemplo, além de conter em seus equipamentos disponíveis para a efetivação de missões as fragatas, corvetas, navios de patrulha oceânica e costeira, navios de tanque, submarinos, entre diferentes outros meios de transporte que são utilizados para alcançar determinados objetivos. Uma das vertentes da própria marinha é a que a mesma possui um grupo especial para operações, conhecido como forças especiais, atuando no mesmo “ambiente”.

Forças Armadas Brasileiras: Exército

Exército do Brasil

O exército é, possivelmente, uma das Forças Armadas Brasileiras mais conhecidas pela população, sendo que esta vertente é conhecida, também, como Exército Brasileiro, responsável pela atuação de profissionais em terra, ou seja, em solo, com um número extraordinário de soldados que servem a pátria, totalizando, aproximadamente, 235 mil pessoas que estão ligadas com este tipo de instituição, efetivando missões variadas. Os principais objetivos do exército, assim como a marinha, é proteger a nação, sendo que as batalhas, quanto a esta categoria das Forças Armadas Brasileiras, ocorrem com outros tipos de equipamentos como tanques de guerra, artilharia, munições, etc., já participando de batalhas internacionais, onde os brasileiros estavam envolvidos em uma das maiores guerras conhecida como Segunda Guerra Mundial, além de participar, também, da Guerra do Paraguai. Para o exército, o envolvimento com outros países é comum, diferentemente da marinha, assim como as lutas são efetivamente travadas contra os inimigos.

Forças Armadas Brasileiras: Aeronáutica

Aeronaútica do Brasil

Por fim, a última das Forças Armadas Brasileiras é a Aeronáutica, sendo que a mesma, diferindo-se das ações no solo ou na água, atua por meio do ar, ou seja, com meios de transporte como helicópteros, aviões, entre outros que permitam uma visão aérea sobre os locais. A atuação da aeronáutica também possui o objetivo de zelar pela segurança do país, sendo que os aviões e outros transportes são devidamente preparados para o confronto, conhecidos como aviões de ataque, servindo para enfrentar possíveis conflitos e inimigos, atingindo seus adversários de modo preciso com diferentes equipamentos, mesmos que lançados, ou não, à distância.

O Brasil possui vários aspectos importantes que devem ser ressaltados e identificados pela própria população, além de atingir patamares internacionais, fazendo com que diferentes países também tomem conhecimento sobre algumas características e aspectos que estão presentes em nossa nação.

Militares das Forças Armadas

As instituições nacionais possuem grande foco de conhecimento para os brasileiros, sendo que as Forças Armadas Brasileiras apresentam um conjunto que possui uma missão constitucional, baseada em zelar pela defesa da Pátria, com diversos indivíduos que concorrem aos cargos para que possa “lutar” por seu país e mantê-lo de forma pacífica, realizando diferentes funções de acordo com a vertente na qual se enquadra.

Forças Armadas Brasileiras: Marinha

Marinheiros brasileiros

Uma das três Forças Armadas Brasileiras é a Marinha, sendo que a mesma também é conhecida como Marinha do Brasil, considerada a responsável por realizar operações variadas por meio de águas pertencentes ao território do país. Operações navais para que a guarda destas regiões sejam feitas são essenciais e frequentemente praticadas pelos profissionais que fazem parte da Marinha do Brasil, sendo considerada a maior marinha de toda a América Latina e uma das únicas com a possibilidade de operar porta-aviões, por exemplo, além de conter em seus equipamentos disponíveis para a efetivação de missões as fragatas, corvetas, navios de patrulha oceânica e costeira, navios de tanque, submarinos, entre diferentes outros meios de transporte que são utilizados para alcançar determinados objetivos. Uma das vertentes da própria marinha é a que a mesma possui um grupo especial para operações, conhecido como forças especiais, atuando no mesmo “ambiente”.

Forças Armadas Brasileiras: Exército

Exército do Brasil

O exército é, possivelmente, uma das Forças Armadas Brasileiras mais conhecidas pela população, sendo que esta vertente é conhecida, também, como Exército Brasileiro, responsável pela atuação de profissionais em terra, ou seja, em solo, com um número extraordinário de soldados que servem a pátria, totalizando, aproximadamente, 235 mil pessoas que estão ligadas com este tipo de instituição, efetivando missões variadas. Os principais objetivos do exército, assim como a marinha, é proteger a nação, sendo que as batalhas, quanto a esta categoria das Forças Armadas Brasileiras, ocorrem com outros tipos de equipamentos como tanques de guerra, artilharia, munições, etc., já participando de batalhas internacionais, onde os brasileiros estavam envolvidos em uma das maiores guerras conhecida como Segunda Guerra Mundial, além de participar, também, da Guerra do Paraguai. Para o exército, o envolvimento com outros países é comum, diferentemente da marinha, assim como as lutas são efetivamente travadas contra os inimigos.

Forças Armadas Brasileiras: Aeronáutica

Aeronaútica do Brasil

Por fim, a última das Forças Armadas Brasileiras é a Aeronáutica, sendo que a mesma, diferindo-se das ações no solo ou na água, atua por meio do ar, ou seja, com meios de transporte como helicópteros, aviões, entre outros que permitam uma visão aérea sobre os locais. A atuação da aeronáutica também possui o objetivo de zelar pela segurança do país, sendo que os aviões e outros transportes são devidamente preparados para o confronto, conhecidos como aviões de ataque, servindo para enfrentar possíveis conflitos e inimigos, atingindo seus adversários de modo preciso com diferentes equipamentos, mesmos que lançados, ou não, à distância.

O Brasil possui vários aspectos importantes que devem ser ressaltados e identificados pela própria população, além de atingir patamares internacionais, fazendo com que diferentes países também tomem conhecimento sobre algumas características e aspectos que estão presentes em nossa nação.

Tags: , ,
Publicado por Andre
Revisado em 24/09/2013

Compartilhar