Home » Mundo

Água potável é extraída de fezes de humanos

Um protótipo que está em funcionamento nos Estados Unidos promete extrair água dos dejetos humanos e garantir água potável.

Bill Gates

Já imaginou uma máquina que consegue extrair a água dos dejetos humanos? Pode parecer algo do futuro, mas esse futuro está bem próximo. O bilionário Bill Gates, através da Fundação Bill & Melinda Gates, investiu em um equipamento que consegue realizar essa tarefa e ainda gerar energia suficiente para o funcionamento da mesma.

Funcionamento da máquina

Chamada de Omniprocessor, a máquina que ainda está em fase de testes está em Seattle, uma cidade portuária com sede no Condado de King, no estado norte-americano de Washington. O principal objetivo é evitar que pessoas morram com doenças transmitidas por água contaminada.

O funcionamento se dá da seguinte forma: ao ser aquecido a uma temperatura de 1000º C, o excremento é separado da água que está em sua composição, a mesma é levada a outros processos de tratamento até que se torne potável.

máquina bill gates
Os resíduos dos dejetos são queimados e produzem calor que geram a energia suficiente para o funcionamento da máquina e da extração da água. A boa notícia é que sua capacidade (ela pode processar excrementos de até 100 mil pessoas) produz 85 mil litros de água portável diariamente, além de 250 kw de eletricidade também.

A Omniprocessor foi desenvolvida pela Janicki Bioenergy que tem como slogan “We are changing sanitation and water treatment in the developing world”, mudando o estilo de sanemaneto e a tratando a água do mundo.

Para acompanhar de perto como a empresa trabalha, acesse ao site da Janicki Bioenergy. E se você quer saber mais sobre a da Fundação Bill & Melinda Gates e como ela atua, acesse também ao site.

Para entender melhor o processo de extração da água dos das fezes de humanos, assista ao vídeo oficial que o Blog “The Gates Note” publicou em seu canal do Youtube:

Ao provar pela primeira vez, o bilionário exclamou "É água", esse investimento pode ajudar a mudar o quadro de doenças provocadas por más condições de vida e água contaminada, o que leva, segundo a Fundação de Gates, mais de 700 mil crianças à óbito todos os anos. Uma nova oportunidade de água potável pode estar mais perto do que se imagina.

Tags: , , , ,
Publicado por Lucimari
Revisado em 08/01/2015

Compartilhar