Home » Religião

A religião no mundo

A religião é o caminho para responder as dúvidas e ter paz interior. Há várias vertentes religiosas no mundo, conheça-os.

símbolos das religiõesInseridos em uma sociedade em que a maior parte das pessoas é cristã, é fácil esquecer que muitas religiões permeiam o globo atualmente. Muitas culturas e muitas doutrinas se configuram quando o assunto é o invisível.

Para muitos povos, a religião e a política e a própria história de seu país estão intrinsecamente entrelaçados, sendo impossível separá-los e por vezes se confundindo.

Para outros, a religião é o resultado de um processo de formação cultural, quase tão antigo quanto a própria humanidade. Enquanto em outras partes do mundo, a liberdade religiosa permitiu uma proliferação de doutrinas que o resultado é uma sociedade religiosa altamente diversificada.

orando

Todavia, todos esses povos e países partem do princípio comum da busca pelo sentido do universo e da vida, não estando de maneira alguma submetidos à qualquer critério de valor. Conhecer uma cultura é melhor na identidade de um povo e, por sua vez, no que existe de mais profundo e místico no homem. Conheça mais:

A religião do mundo árabe

O mundo árabe, originalmente, se concentrava no oriente médio, mais precisamente na Península Arábica. Todavia, com a globalização e as migrações em massa, a população árabe se deslocou para o mundo inteiro, deste modo, é possível encontrar árabes em países como o Brasil, Japão, EUA, etc.

O povo árabe teve em seus primórdios uma forte cultura nômade, que persistiu por muitos séculos, então esse novo aspecto global da cultura árabe corresponde simplesmente à ampliação do território onde se era possível mudar.

Muslims offer Friday prayers in front of the Dome of the Rock mosque in Jerusalem's Al-Aqsa compound

Ao mesmo tempo, desses deslocamentos, a cultura árabe sofria forte influência dos novos povos. Por este motivo, entre os árabes atualmente, mesmo no Oriente Médio onde ainda se concentram a maior intensidade da população árabe, é possível encontrar religiões como o cristianismo, tanto católico como o protestante.

meca lotada

Ainda predomina-se entre o povo árabe a religião islâmica, da qual o praticante é chamado muçulmano (exato, se você como a maioria das pessoas pensava que se tratavam de religiões distintas está enganado). É importante ressaltar que o termo “árabe” é referente à uma etnia, não à uma religião. Por isso: povo árabe, não religião árabe.

A religião do mundo islâmico

Assim como o termo “árabe” remete a um povo, o termo “islã” remete à uma religião, não um povo. A religião islâmica possuí no mundo todo aproximadamente 1,5 bilhões de fieis, e concentra o maior número de fieis na faixa que se estende por todo sul da Ásia, em torno de 25% dos fieis.

Alcorão

Depois da Ásia, é o Oriente Médio que concentra a maior densidade de fieis, cerca de 20%. O islamismo trata-se de uma religião monoteísta, que tem como base o Alcorão, livro equivalente à Bíblia para os cristãos, tida por eles como a palavra de deus, e também os ensinamentos de conduta ou normativos do profeta Maomé, sendo o Alcorão composto por essas duas partes: a palavra de deus e as normas de Maomé.

Assim como o cristianismo, o islamismo possuí denominações, ou ramificações com características doutrinárias diferentes, sendo que as duas maiores denominações islâmicas são os sunitas e os xiitas. Sua filosofia consiste basicamente em voltar uma vida de adoração ao único deus que acreditam, sendo este o ser supremo do universo.

muculmano-beija-as-escrituras-

Têm o islamismo como a forma completa de uma fé que em tempos passados fora revelada para vários povos através de grandes representantes, como Jesus Cristo e Abraão, mas as revelações que estes receberam foram alteradas ou corrompidas, tendo sido preservadas apenas o Alcorão.

A religião do mundo grego

Em termos de religião a Grécia possui uma das culturas mais plurais do globo, concentrando em seu espaço geopolítico uma variedade enorme de doutrinas, desde o seus primórdios. Deste modo, torna-se impossível pensar na Grécia em termos religiosos sem dividir o assunto em dois momentos: o passado e o presente.

Parthenon

A cultura religiosa na Grécia começa desde a antiguidade, muitos anos antes de Cristo, e compõe a galeria de uma das mitologias mais conhecidas do planeta. Com seus deuses, monstros e heróis, mais do que lendas, a Grécia antiga venerava um grande quadro de deuses, motivo que leva a religião antiga a levar o nome de politeísmo, pois tinha mais de um deus como seu centro.

Cada cidade era consagrada para um desses deuses e seu desenvolvimento acompanhava as características desse deus. Era uma religião antropomórfica, pois atribuía aos deuses características humanas. Atualmente, a Grécia consiste em uma imagem plural em termos de religiões, pois abriga muitas culturas. Existem católicos romanos, protestantes, espíritas, islâmicos, dentre outros.

Delphi templo de Atenas

A religião dominante, entretanto, é a Igreja Ortodoxa. Esta nasceu da igreja católica, por volta do século XI, e têm-se como herdeira do que foi a religião bizantina. Ela existe em vários países, sofrendo grandes mudanças culturais, mas toda a sua jurisdição tem seu centro no  Patriarca de Constantinopla, que é o líder absoluto da igreja. Fora questões políticas, tem muito em comum com o catolicismo tradicional.

Tags: ,
Publicado por Andre
Revisado em 29/08/2013

Compartilhar