Home » Religião

A religião dos árabes

Os povos árabes, possuidores de uma rica história, possuem atualmente uma forte religião. Saiba mais sobre esta e qual era a anterior.

Árabes islâmicos

Uma das regiões mais antigas do mundo, a Arábia já foi palco de muitos mitos e lendas que a tornaram famosa. Sendo uma região desértica no Oriente Médio, seu maior cartão postal é o Mar Vermelho, que banha sua costa. Além disso, sua tradição milenar já foi difundida em todo mundo, assim como o povo árabe, que migrou para várias partes do globo. E dentre os traços mais fortes de sua cultura, a religião está entre as predominantes. Saiba mais sobre essa rica cultura.

Religião dos árabes antes do Islamismo

Mapa Arábia

Toda religião é fruto de um processo social imediatamente ligado com a formação histórica de um povo. Assim, é possível dizer que o Islamismo surgiu em um período onde o povo árabe já estava mais ou menos formado. Antes desse fato, todavia, ao longo do processo de formação do povo árabe houveram outras religiões que passaram por suas terras. Um exemplo bastante remoto remonta às origens do povo, quando toda região da Península Arábica era povoada por tribos nômades, que estavam em constante deslocamento. Essas tribos traziam consigo várias religiões diferentes, e com isso criaram uma constelação bastante variada de religiões.

Depois, quando os primeiros povos começaram a se assentar na região, a primeira religião foi a Religião Beduína, cujos membros, os beduínos, idolatravam objetos que julgavam sagrados, estando estes submetidos à imagem de diferentes deuses, motivo pelo qual eram um povo denominado politeísta, ou seja, um povo cuja tradição religiosa acreditava em vários deuses diferentes. Esse povo fundou grandes cidades portuárias, entre elas Meca e Yatreb, que se tornaram grandes centros urbanos que reunião povos do mundo inteiro. E foi esse fator que levou o profeta Maomé até o local, visita que mudaria para sempre a religião e lugar.

Religião dos árabes depois do Islamismo

Cidade de Meca

A chegada de Maomé e seus ensinos mudaram drasticamente as pessoas do lugar. Com base em seus ensinos a Religião Beduína desapareceu da região e surgiu uma nova religião, que no futuro viria a ser o Islamismo. Essa mudança foi crucial para todos os aspectos da vida árabe. Por exemplo, e talvez o exemplo mais característico, foi a perda do politeísmo, e a consolidação do monoteísmo, ou seja, a crença em único Deus. Além disso, aspectos ligados ao vestuário, à alimentação, às relações sociais foram definidos por essa nova perspectiva religiosa, que consolidada no islamismo perdura até hoje.

A religião dos árabes hoje

A religião que hoje é principal na Arábia é o Islamismo, religião monoteísta derivada dos ensinos de Maomé. Os seguidores do Islamismo são chamados de mulçumanos, nome que muitas vezes é confundido erroneamente com a sua nacionalidade. O Islamismo acredita em único Deus criador de toda vida, e seus fiéis acreditam serem os remanescentes de um único conhecimento verdadeiro, que quando foi deturpado criou outras legiões como o Judaísmo e o Cristianismo, enquanto apenas o Islã continua puro. O livro sagrado do Islã é o Alcorão, e nele estão reunidos todos os escritos que governam a vida e a fé de seu povo.

No vídeo do canal do Portal Zun no YouTube, conheça alguns símbolos religiosos e seus significados.

Religião Islamica
Habitantes do Oriente Médio, os árabes são originários da Arábia ou Península Arábica que é banhada pelo mar Vermelho e pelas águas do Oceano Índico, o lugar possui um clima seco e quente, por isso, a região é composta por regiões desérticas que faz com que haja dificuldades no plantio e na criação de animais, motivo que fez com que a maioria dos árabes viajasse pelo de mundo em busca de melhores condições de vida.
A região é conhecida pelo mundo como berço de uma das religiões mais importantes, o Islamismo que surgiu no século VII e trouxe mudanças políticas, econômicas e culturais significativas no mundo árabe. Conheça mais:

Religião dos árabes antes do Islamismo

Religião antes do IslamismoAntes do século VII, os árabes tinham uma religião politeísta, ou seja, acreditavam em vários deuses, adoravam objetos sagrados, a forças da natureza e acreditavam na intervenção contra os espíritos do mau.
Os árabes desta época eram nômades, conhecidos como beduínos, os quais peregrinaram até as cidades litorâneas da Arábia para promover suas crenças e rituais e adorar os símbolos e objetos considerados sagrados.

Religião dos árabes depois do Islamismo

MaoméDepois do século VII surgiu Maomé, o maior profeta da religião do Islamismo, Maomé meditava no monte Hira quando ouviu o anjo Gabriel dizer que havia somente um único Deus, o Alá, e um único profeta, Maomé. Depois disso, Maomé começou a pregar uma crença monoteísta que trouxe mudanças profundas no mundo árabe.
No ano de 630, Maomé invadiu Meca, matou todos os opositores da religião monoteísta e destruiu todas as imagens de Caaba, fazendo com que Meca fosse a principal cidade dos islamitas.
Assim, foi introduzida a nova religião árabe, o Islamismo que quer dizer submissão a Deus, ou seja, para o profeta Maomé, todos os homens devem seguir as vontades de Deus, tornando-se então um islamita ou muçulmano, como são chamados os seguidores do Islamismo.

A religião dos árabes hoje

Religião Islamica hojeCom um número estimado em mais de 935 milhões de islamitas, o Islamismo é uma das mais importantes religiões do mundo. Considerada uma religião universal e primordial, todo e qualquer islamita deve seguir as revelações divinas do Alcorão que foram formuladas pelo profeta Maomé.
Até os dias atuais o monoteísmo é a matéria central do Islamismo, ou seja, só se deve crer a um único Deus, o Alá, único e onipotente, mas para ser um islamita é preciso praticar cinco deveres que são conhecidos como os “pilares do Islã”: fazer cinco orações diárias e durante as orações é preciso voltar-se em direção à cidade de Meca, dar esmolas se o islamita for dotado de bens suficientes para sua sobrevivência, fazer uma peregrinação a Meca pelo menos uma vez na vida, participar da guerra santa para disseminar o Islamismo, jejuar no mês Ramadã, não ingerir álcool e carne de porco.
Para os islamistas, existem três lugares sagrados, a cidade de Meca, a cidade de Medina, lugar onde Maomé construiu o templo religioso dos muçulmanos e a cidade de Jerusalém, cidade onde o profeta Maomé subiu ao céu para encontrar Moisés e Jesus.
Assista ao vídeo no Canal do Portal ZUN no YouTube e conheça alguns símbolos religiosos e seus significados.

Publicado por Andre
Revisado em 17/01/2014

Compartilhar

Vídeos relacionados

Conteúdo relacionado

Religião dos árabes - História da religião dos árabes ...

Religião dos árabe, Saiba mais sobre a Religião dos árabes, História da religião árabes, história

Árabes – Wikipédia, a enciclopédia livre

Através da maior parte dessa área, os Árabes espalharam a religião do Islã e a língua árabe (a língua do Qur'an) através da conversão e assimilação, ...

Árabe - História do mundo

Religião dos árabe, Saiba mais sobre a Religião dos árabes, História da religião árabes, história. Ver Artigo Completo. Artigos. O fundamentalismo islâmico.

Os Árabes e o Islamismo - Brasil Escola

A religião islâmica tem atraído a atenção do mundo pelo modo de agir de seus seguidores, especialmente no Oriente Médio

ÁRABES: Religião Predominante dos Árabes

O islã é uma das mais importantes religiões do mundo, ela surgiu na península da Arábia e tem como base os ensinamentos de Maomé chamado de Profeta.

Religião Islâmica - 10emtudo.com.br

Religião Islâmica: o que é o ... Criador e Juiz.Estava convencido de que havia sido escolhido como profeta para trazer aos árabes uma nova religião, ...

Império Árabe - História, cultura, religião e política ...

As proporções territoriais enormes do Império Árabe dificultaram a administração e a corrupção começou a ser frequente nas elites árabes.

Islamismo - Religão Islã - Brasil Escola

A religião que atualmente mais recebe seguidores no mundo. Cadastre-se. ... ocorreu um grande fluxo migratório de árabes para o território brasileiro, ...

Emirados Árabes Unidos – Wikipédia, a enciclopédia livre

A habitação humana mais antiga dos Emirados Árabes Unidos data do período neolítico, c. 5500 a.C.. Nesta fase, há provas de interação com o mundo exterior, em ...

Qual é a religião dos Árabes? | Yahoo Respostas

Melhor resposta: O islã é uma das mais importantes religiões mundiais (a população muçulmana é estimada em mais de 935 milhões), originária da ...

Império Árabe - história, cultura árabe, mundo islâmico

História e Cultura do povo árabe, arte árabe, o Alcorão, tudo sobre os árabes, história da civilização árabe, religião muçulmana, Maomé

Artigo: Conhecendo aspectos da religião e cultura Árabe ...

Por exemplo: os egípcios são africanos, considerados árabes na cultura, língua e religião. Assim como sírios, libaneses e outros com a mesma similaridade, ...

Cultura Árabe - Toda Matéria

Língua e Religião Árabe. ... Outro aspecto importante desta cultura diz respeito as formas de comer. Árabes muçulmanos e judeus não se alimentam de carne de ...

Qual era a religião dos árabes antes de Maomé instituir o ...

Os árabes são descendentes de Abraão, são filhos de Ismael. Então eu creio que eles deveriam adorar a Deus, por conta de seu "pai" Abraão.

Quais são os trajes típicos dos países islâmicos e o que ...

A religião não permite que os fiéis mostrem em público as “partes íntimas” – para os homens, ... Na maioria dos países árabes, ...

Cultura e costumes árabes

Muitas mulheres árabes, independente da religião, utilizam uma variedade de lenços sobre a cabeça (arab architecture image by João Freitas from Fotolia.com)

História Inteligente: A Arábia e os árabes

A diversidade geográfica da Península Arábica possibilitou formar tribos árabes com culturas e ... Até o século VII,a religião desses povos era ...

Árabes - I - Quiz - Racha Cuca

Quiz sobre economia, religião e invenções dos árabes.

a religião e a vida social dos imigrantes - IBGE

território brasileiro e povoamento » árabes » a religião e a vida social dos imigrantes.

Religiões da Índia | Tudo India

Quando Maomé fundou a nova religião e os árabes se converteram, eles constituíram o primeiro contato do islã com o subcontinente indiano; ...

Receba novidades

Comentar