Home » Religião

A religião afro-brasileira

As religiões afro-brasileiras fazem parte da história e da cultura no Brasil. Entenda melhor o que elas realmente são:

Religião afro-brasileira

As religiões afro-brasileiras já são parte da história do Brasil, desde o tempo da escravidão elas entraram no país e foram estabelecidas pelos negros como forma de trazer e preservar parte de sua cultura. Das principais religiões surgiram ramificações e até hoje elas são executadas e possuem adeptos em vários lugares do Brasil.

Neste texto você vai conhecer um pouco mais sobre as religiões africanas, como tudo começou, onde surgiu, e as ramificações quimbanda, cabula e batuque. Confira os tópicos abaixo e conheça um pouco mais sobre a cultura africana.

Religião afro-brasileira como surgiu

Candomblé

Todas as religiões que foram trazidas para o Brasil por escravos africanos, ou religiões que adotaram as práticas e rituais africanos, são consideradas religiões afro-brasileiras.

Quando trazidos para o Brasil para serem escravizados, os negros se agarram em suas tradições religiosas, pois a fé era a única coisa que podiam conservar diante de tanto domínio. Porém estas manifestações religiosas tiveram influências do catolicismo através da devoção dos santos e também a influência do espiritismo de Allan Kardec.

Assim surgiu a religião afro-brasileira, suas vertentes mais fortes são o Candomblé e a Umbanda.

Religião afro-brasileira quimbanda

Velas Quimbanda

A quimbanda foi fundada pelo médium brasileiro Zélio Fernandino de Moraes, é uma religião ramificada da umbanda. Os princípios da quimbanda são norteados pela umbanda, uma vez que as entidades da primeira são comandadas pelas entidades da segunda.

Na quimbanda atuam os exus e pomba gira, segundo os religiosos eles são capazes de dominar forças negativas, mas isso não significa que são malignos. Eles trabalham afim do desenvolvimento espiritual de forma que a pessoa cresça e também a proteção de seu médium.

A entrega de oferendas também faz parte do ritual, mas podem variar de acordo com cada entidade, oferecem velas, bebidas alcoólicas e charutos.

Religião afro-brasileira cabula

Cabula

A cabula é uma seita que surgiu no final XIX secreta e religiosa. Apesar de ser fechada a seita tem grande influência do malês, bantos e sincretismo.

A cabula é considerada a precursora da umbanda, no Brasil pode ser encontrada nos Estados da Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. O ritual da cabula era usado para combater os inimigos com feitiço, ceifando a vida de líderes escravistas.

Os espíritos são forças concretas que tem nome e encantos, eles determinam o sentido da vida e rumo que ela deve seguir.

Religião afro-brasileira batuque

Religião Batuque

O batuque é mais uma religião afro-brasileira que cultua os orixás, no Brasil é mais encontrada no Rio Grande do Sul, mas se estendeu para os países vizinhos Uruguai e Argentina.

Os deuses do batuque recebem como oferenda coisas típicas dos gaúchos como churrasco, polenta, caldo com erva-mate. As reuniões são ao som de batuques e oferendas, esta religião é fruto das religiões dos povos da Costa da Guiné e da Nigéria junto com as nações Jeje-Ijexá, Jeje-Nagô, Nagô-Ijexá e outras.

As religiões africanas já fazem parte da cultura brasileira, desde o tempo da escravidão foram trazidas e acabam se estabelecendo como cultura e receberam influências de outras religiões brasileiras.

Saiba mais detalhes sobre as religiões afro-brasileira nesse vídeo do Youtube:

Tags: ,
Publicado por Juliane
Revisado em 20/02/2014

Compartilhar