Home » Economia

A economia na Europa

A economia europeia está classificada como uma das maiores e mais importantes do mundo. Veja algumas informações a respeito dessa potência.

Economia na EuropaVisar o desenvolvimento e crescimento de um país ou até mesmo de um território é um dos grandes objetivos de vários governantes e até mesmo da própria população, oferecendo cada vez melhores condições de vida para os moradores, de acordo com o patamar alcançado, além de fazer com que turistas e visitantes sejam atraídos pela expectativa causada.

A Europa é um ponto de referência para moradia, trabalho e até mesmo para visitação.

Muitos brasileiros e outras nacionalidades admiram o território, porém sem saber quais as dificuldades pelas quais o mesmo já passou, podendo considerar várias delas em relação à economia, a Inglaterra, com seus altos e baixos, conseguiu seu destaque, porém devendo observar cada país da região exclusivamente, havendo mudanças de acordo com a nação em vista, por exemplo, podendo visualizar grandes diferenças de capital de tipo de governo.

A economia da Europa no período entre guerras

Economia no período de guerraO período conhecido entre guerras foi um dos mais marcantes para a Europa, o território e seus moradores tentavam visualizar uma forma de escapar das consequências árduas que foram geradas por esta época, com vários aspectos maléficos que refletiram no modo do governo e até mesmo na vida dos moradores.

As consequências do período entre guerras puderam ser visualizadas mesmo após anos, assim como aqueles que venceram as guerras, assim como aqueles que as perderam, sofreram grandes devastações em seus territórios.

Na Europa, é possível perceber que este território apresentava milhares de mortos e cidades destruídas, assim a economia foi abaixo para reconstrui-las e deixá-las, novamente, aptas para moradia.

Outro aspecto que abalou a economia da Europa foi o desemprego, não havia empresas contratando, até mesmo porque muitas delas faliram, com a carência de matérias-primas que não podiam ser encontradas no mercado, fazendo com que vários moradores se encontrassem em situações precárias em questão de renda para sua sobrevivência.

A economia na Europa: a União Europeia

União EuropeiaA economia na Europa, em relação exclusivamente à União Europeia, é muito satisfatória para todos aqueles que vivem no território, em questão de capital, seguindo o modelo capitalista liberal, é a maior do mundo, com um PIB extraordinário que alcançou patamares incríveis.

Um dos fatores que faz com que a União Europeia destaque-se em questão de capital é o poder de compra, este para comparação, pode ser considerado semelhante ao mesmo poder que os Estados Unidos possui, por exemplo.

Características da economia na Europa hoje

Euro vs DólarA Europa não é tão autossuficiente quanto as outras nações pensam, o território necessita de diferentes matérias-primas importadas de outros locais para que seja possível manter o país, inclusive substâncias como gás natural e petróleo, além de energia, que não é muito produzida não pelo baixo capital, mas pela localização geográfica.

Em questão da economia voltada ao comércio, a Europa apresenta polarização, os países que são os principais parceiros para as trocas mercantis são Estados Unidos, Canadá, Japão e alguns outros territórios pertencentes ao Oriente Médio, realizando várias transições internacionais, o que contribui para a economia, com vários “aliados”.

Para alavancar a economia, é possível constatar que a Europa dispõe de matérias-primas como minerais, produtos tropicais, borracha, madeira, entre outros, assim como produtos tecnológicos.

É possível disponibilizar uma visão geral sobre a economia na Europa, porém também é necessário ressaltar que estas características podem modificar-se de acordo com o país abordado.

A economia, que no período entre guerras era precário, vem melhorando aos poucos e desenvolvendo-se cada vez mais.

Quer saber mais sobre a economia na Europa? Então, assista ao vídeo que segue abaixo.

Tags: ,
Publicado por Guilherme
Revisado em 03/12/2013

Compartilhar