Home » Economia

A economia global atual

Conheça um pouco mais sobre a economia global atual e entenda melhor o Ranking, as Transnacionais e as transformações do espaço.

Jornal, mapa e teclado

Estima-se atualmente que o crescimento econômico mundial terá um grande avanço, bastante significativo até 2018, apesar de ser difícil projetar essas tais expectativas para termos futuros a economia de cada país que possui relevância econômica, pois estes fatores podem modificar rapidamente com a cena econômica atual, no entanto, a estimativa é de que o Brasil tenha um aumento de quatro por cento, enquanto os Estados Unidos tenha um aumento de dois por cento e a China oito por cento.

Em meio à crise econômica mundial, os investimentos necessários para o crescimento dos países se tornaram inseguros, porém, reanimar a confiança dos empresários que estejam dispostos a apostar nessas mudanças se faz necessário para um futuro promissor.

A economia global: ranking

Considerando o processo de recuperação de cada país após a crise econômica, atualmente, com a nova avaliação econômica mundial, que analisou cerca de cento e quarenta e seis países, o Brasil atualmente ocupa o sexto lugar, precedido dos Estados Unidos que ocupa a primeira posição, seguido de China, Japão, Alemanha e França.

Estes relatórios são feitos anualmente influenciando a competitividade entre os países, na busca de um melhor desempenho econômico, em ocupar o primeiro lugar no ranking, podendo então considerar-se uma grande potência econômica, e os fatores relevantes são movidos de acordo com os países emergentes que produzem cada vez mais, enquanto as potências atuais permanecem estagnadas devido a crise.

Ranking da economia do mundo

A economia global e as transnacionais

As transnacionais têm papel importante na economia atual, já que estas determinam o fluxo de comércio entre os países, contribuindo assim para o crescimento econômico, já que operam em níveis globais, sendo assim, os governos apoiam a atuação das transnacionais, concedendo vantagens, de forma estratégica, que beneficie a nação.

Sendo o principal mercado das transnacionais, o mercado interno, o governo promove o interesse destas empresas, devido à dimensão de suas atividades e principalmente em relação ao seu fluxo financeiro, que tem como matriz o país de origem.

transnacionais no mundo

A economia global nacional e as transformações do espaço geográfico

O comportamento econômico do país ainda permanece levemente oscilante, porém, não tão preocupante, sendo assim, o registro de menores taxas de desemprego vem sendo conferidos em uma nova realidade econômica que interfere diretamente no espaço geográfico, onde a vantagem está nas transnacionais, sendo assim, a liberação de desvios e construções se faz ainda mais eficaz.

Apesar de toda relação econômica vivida atualmente em dimensões globais, todas estas transformações têm sido necessárias, de modo que possibilite a expansão capitalista com finalidade de progresso econômico, competindo por boas posições no ranking de economia, obtendo bons resultados como potência econômica. Em se tratando de economia, por ser um país emergente.

O Brasil tem feito exigências em demasia para poder alcançar os objetivos econômicos mais ambiciosos, ocupando então as primeiras posições do ranking mundial, evoluindo ainda de forma eficaz em seu próprio território.

Bandeira do Brasil e moedas

Esta interferência física se torna permanente em termos globais, já que os investimentos crescem com objetivo de competição econômicos, obtendo maiores resultados caracterizados por mais oportunidades e fluxo de economias.

No vídeo abaixo você confere o Brasil no contexto da economia global:

Tags: ,
Publicado por Guilherme
Revisado em 03/12/2013

Comente nos grupos

Compartilhar